Ipiaú: Jovem adventista fala sobre aguardar 6 horas para fazer prova do Enem

Laíse Silva

Laíse Silva

No próximo sábado(8), 69.396 candidatos sabatistas farão o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os candidatos deverão chegar aos locais de prova com antecedência e, como qualquer outro estudante, ficarão de fora caso os portões sejam fechados. A diferença é que, por obediência à Lei de Deus, só começarão a resolver a prova quando o sol se puser. Eles guardam o sábado conforme o quarto mandamento da Lei de Deus, descrito em Êxodo 20:8-11, o que significa que só trabalham ou estudam após o pôr do sol. São, portanto, os Adventistas do 7º Dia e também os Judeus. A estudante Laíse Silva, de 19 anos, moradora do Bairro ACM, em Ipiaú, contou a nossa reportagem que embora o tempo de espera seja longo, mais importa obedecer e ser fiel a vontade de Deus. “Serão 6 horas em que nós adventistas iremos esperar para fazer a prova do Enem. Contudo, eu louvo ao Senhor porque enquanto muitos dirão que somos antigo, embora sejamos criticados, embora a espera cause estresse e cansaço, nós escolhemos obedecê-lo. O sábado é o dia do Senhor”, disse Laíse. Normalmente, nessas seis horas de espera, os adventistas já na sala de aula costumam cantar, louvar o nome de Deus, interceder pelas pessoas enfermas, conversar sobre bíblia, salvação, vida eterna, e quando se chega o pôr do sol, realizam um breve culto de adoração a Deus, antes de iniciar a prova. (Panorama Ipiaú / Romário Henderson)

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *