‘Ladra gata’ diz que ‘a imprensa criou um mito’ com sua beleza

Fabiana Godk, a “ladra gata” diz que não é “esse monstro que divulgam” (reprodução)

Conhecida como Musa do Test Drive e Ladra Gata nas manchetes dos jornais, a bacharel em Direito, Fabiana Sporh Godk, de 27 anos, nega ter cometido qualquer dos crimes dos quais foi acusada. “A imprensa criou um mito baseado em minha beleza e muitos querem aproveitar esta fama para me imputar crimes. Meu nome gera manchetes”, disse ela em entrevista ao UOL, na delegacia de Apucarana, no Paraná. Fabiana ficou conhecida por roubar um carro após fazer test drive, mas também já cumpria em regime semi-aberto a pena por estelionato e posse ilegal de armas. “Me formei no ano passado com dinheiro obtido através da venda de tapetes e financiei o curso de Direito pelo Fies (Fundo de Financiamento Estudantil). Há um grande equívoco nos crimes que me acusam. Estava estudando para conseguir a aprovação na OAB e não cometi nenhum delito. Quero apenas cuidar dos meus filhos agora. Isso tudo é um grande equívoco”, declarou. O delegado responsável pela última prisão de Fabiana disse que ela reúne características frequentes de grandes estelionatários. “Sabe conversar, inventa situações, demonstra tranquilidade e, além disso, por causa do curso, tem noções do Código Penal. É um perigo. Surpreende não ter prisão preventiva decretada ainda”, disse ele.

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *