Prefeito de Jitaúna segue velho modelo e demite servidores alegando diminuir despesas

Edson Silva (PT) já de demitiu 50. Foto: Blog Marcos Frahm

A mentalidade política dos gestores baianos não sofreu nenhuma mudança nestes novos tempos. Os vícios e as virtudes são os mesmos. O modelo de administração, que muitos esperavam estar com os dias contados, vive e cresce da mesma forma. O prefeito de Jitaúna, Edson Silva (PT), adotando o mesmo discurso de outros gestores da região, como Wagner Novas (PSDB) – Itiruçu, Giuliano Martinelli (PP) – Jaguaquara, de que é preciso ajustar as finanças, após contratações sem concurso público, começou a dispensar os servidores da Prefeitura. O gestor admite ter colocado no olho da rua cerca de 50 funcionários e ainda anuncia que mais 100 serão dispensados até o final deste mês. Edson disse que o quantitativo demitido não foi suficiente para sanar a problemática financeira em Jitaúna. E a regra é a mesma, na maioria dos municípios: contratar para garantir o pão eleitoral e depois demitir para não ultrapassar o limite prudencial estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *