Anderson Silva estuda buscar advogado para provar que não usou esteroide anabolizante

Atleta testou positivo para as substâncias Drostanolona. Foto: UOL

Após ser flagrado no exame antidoping por usar esteroide anabolizante, o lutador Anderson Silva irá buscar advogados em Las Vegas para provar sua inocência. O brasileiro testou positivo para as substâncias Drostanolona e Androsterona, em um exame realizado no último dia 9 de janeiro. “Os advogados do Brasil não têm poder de atuação nos EUA. Questões jurídicas de lá só podem ser tomadas por profissionais que atuem nos EUA. Nossa equipe jurídica já está atrás de advogados em Nevada para tomar medidas legais cabíveis“, disse o advogado e amigo pessoal de Anderson, Claudio Dalledone, ao site da ESPN Brasil. De acordo com ele, a principal medida cabível seria obter a autorização para que a contraprova do exame de urina fosse aberta, de forma que ela deveria ser realizada na presença de advogados e que seu resultado fosse público.

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *