Após ser proibida de usar iPhone, menina de 12 anos tenta matar mãe

Foto: Divulgação

Uma menina de 12 anos foi apreendida na última sexta-feira (20), nos Estados Unidos, após duas tentativas de homicídio contra a própria mãe. Segundo informações da polícia, a criança teria tentado matar a mãe por envenenamento com água sanitária, pois ela teria proibido a menina de usar o iPhone. O nome das envolvidas não foi divulgado. Em entrevista à Reuters, o delegado Heidi Prentup informou que a primeira tentativa de envenenamento aconteceu no dia 2 de março, quando a menina colocou água sanitária em uma bebida que ela preparou para o café da manhã da mãe. “A mãe percebeu o odor de água sanitária na bebida e pensou que a filha tinha lavado o copo sem enxaguar direito”, disse Prentup. A mulher recebeu tratamento em um hospital local e foi liberada em seguida. Quatro dias depois, a menina teria colocado água sanitária em uma garrafa d’água que era mantida no quarto da mãe, que novamente percebeu o cheiro e confrontou a filha. “Foi quando ela descobriu que a filha tinha arquitetado um plano para matá-la por ela ter proibido o iPhone”, informou Prentup. A mãe informou o caso à polícia e os investigadores reuniram provas suficientes para levar a menina sob custódia. Ela foi encaminhada na sexta-feira (20) a uma unidade de detenção juvenil, onde aguardará as acusações.

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *