Com Petrobras investigada, cai busca por cursos de petróleo e gás na Bahia

Foto: Divulgação

A instabilidade apresentada pela Petrobras, maior empresa de petróleo do Brasil, diante das investigações da Operação Lava Jato e das dificuldades financeiras na realização de projetos, começa a afetar a estima de estudantes que pensam em atuar na área da estatal. De acordo com reportagem do jornal A Tarde deste domingo (29), caiu o número de alunos nos principais cursos de petróleo e gás da Bahia. A Fundação Bahiana de Engenharia (FBE) teve redução de 15% no número de novos alunos nos cursos técnicos da área. O coordenador do curso de petróleo e gás da Unijorge, Carlos Roberto Silva, confirma a queda na procura por vagas. Segundo a publicação, com a falta de estágios e desemprego de profissionais do ramo, estudantes de engenharia de faculdades particulares demonstram temor e optam por migrar para outras especialidades. Professores ouvidos pela reportagem destacam que a Petrobras não é a única empresa do ramo e que os alunos devem procurar cursos técnicos para ampliar a formação e, assim, garantir espaço no mercado de trabalho.

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *