Jogador do Flamengo é indiciado por fraude e formação de quadrilha

O volante do Flamengo, Luiz Antônio, foi indiciado pelo Ministério Público pelos crimes de fraude e formação de quadrilha. O jogador e o seu pai, Carlos Soares, são acusados pelo crime chamado de “tombo de seguro”. Os dois teriam se associado a uma milícia no Rio de Janeiro após darem sumiço a um veículo para receber o valor referente ao seguro. A Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizads e Inquéritos Especiais (Draco/IE) concluiu que os dois entregaram o carro à milícia Liga da Justiça, que ficaria responsável por fazer o veículo desaparecer.

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *