PF deflagra 10ª fase da Lava Jato e prende Renato Duque, ex-diretor de Serviços da Petrobras

Renato, ao deixar a sede da PF em Curitiba. Foto: Reprodução

 Polícia Federal prendeu na manhã desta segunda-feira (16/3), o ex-diretor de Serviços e Engenharia da Petrobras Renato Duque, em sua casa, no Rio. A prisão faz parte da décima fase da Operação Lava Jato, que investiga desvios na estatal. É a segunda vez que Duque é preso e ele será encaminhado ainda nesta segunda para a sede da Polícia Federal em Curitiba (PR), onde estão outros presos da Lava Jato. Nesta manhã, policiais fazem buscas em sua residência. Para os investigadores, ele é o elo do PT com o esquema de desvios na petroleira. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), teriam sido captados na gestão de Duque cerca de R$ 650 milhões em propinas sobre contratos fechados de 2004 a 2012 com as seis empreiteiras que teriam integrado cartel para assumir negócios bilionários na estatal. Informações do Estadão

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *