Presidentes da Odebrecht e Andrade Gutierrez são transferidos para presídio

presidente da Odebrecht, Marcelo Odebrecht. Foto: Divulgação

Os presidentes da Odebrecht, Marcelo Odebrecht, e da Andrade Gutierrez, Otávio Azevedo, e outros seis executivos dessas empreiteiras foram transferidos da carceragem da Polícia Federal para o Complexo Médico Penal do Paraná, em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba na manhã deste sábado (25/7). Odebrecht e Azevedo, presos na carceragem desde o dia 19 de junho, carregaram as próprias malas. O presidente da Andrade Gutierrez chegou a tropeçar no caminho até a van que transportou os presos para o presídio. De acordo com informações de O Globo, dois curiosos acompanharam o momento da transferência e provocaram os executivos. Nenhum esboçou reação. A transferência foi pedida pelo delegado da PF Igor Romário de Paula e autorizada pelo juiz Sergio Moro na sexta-feira. Além de Marcelo e Otávio, deixaram a carceragem da PF: Elton Negrão, Alexandrino Alencar, César Ramos, João Antônio Bernardi Filho Filho, Márcio Faria e Rogério Araújo. Eles foram indiciados pela PF pelos crimes de fraude em licitação, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e passiva, crime contra a ordem econômica e organização criminosa.

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *