Daily Archives: 08/08/2015

Lava Jato: Testemunha diz que Negromonte Jr. ameaçou Luiz Argolo para evitar delação

Negromonte Jr. nega ameaça a Argolo. Foto; Reprodução

Uma ata obtida com exclusividade pela reportagem do site Bocão News, de Salvador, que foi encaminhada pelo Ministério Público Federal (MPF) para a Procuradoria Geral da República (PGR), relata que uma testemunha afirmou, em depoimento prestado na última segunda-feira (3), que o deputado federal Mário Negromonte Júnior (PP-BA) ameaçou o ex-parlamentar Luiz Argolo (ex-SD e ex-PP) e sua família. O Bocão News também informou que obteve, com exclusividade, do depoimento prestado na Justiça Federal do Paraná. No vídeo, a testemunha identificada como Aricarlos Rocha Nascimento, que é assessor de Luiz Argolo, conta que foi abordado pelo deputado Mário Negromonte Júnior, em um restaurante do Shopping Salvador, que mandou um recado ameaçando o ex-parlamentar e a sua família. ”Ele [Mário Negromonte Jr.] me disse que se Luiz ficasse pianinho, quietinho, assim que ele saísse de Curitiba, ele logo, logo seria ajudado para ter um retorno breve à vida política. Mas se não tivesse já sabia o destino do delator”, afirmou a testemunha. Em entrevista ao Bocão News, o deputado Mário Negromonte Jr. negou as ameaças. “Não. Nada disso.Eu me encontrei com ele, mas não teve ameaça. As pessoas falam o que querem”, afirmou. Questionado se a testemunha mentiria em juízo, o deputado respondeu: ”não sei”. O pai de Mário Negromonte Júnior, o conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA), Mário Negromonte, foi indiciado, em março de 2015, pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, na Operação Lava Jato. No dia 14 de julho deste ano, o gabinete e a casa do conselheiro foram alvos dos mandados de busca e apreensão da Operação Politeia, um desdobramento da Lava Jato. O irmão do conselheiro também foi alvo da operação.

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Polícia Militar faz operação na feira do rolo e apreende 46 celulares

Por volta das 09h dessa quinta-feira (07), Policiais Militares da 2 CIA PM, conjuntamente com a Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO), ambos do 19 BPM, apreenderam 46 celulares e seis bicicletas na feira do rolo, nas imediações da Avenida César Borges. A operação de combate ao crime, desenvolvida pelas guarnições da Polícia Militar, visou inibir o comércio clandestino que vem sendo desenvolvido abertamente no centro de Jequié. Segundo o oficial responsável pela operação, a medida é preventiva e visa coibir a prática delituosa. “nesse tipo de comércio, grande parte dos materiais comercializados, são produtos oriundos de práticas delituosas, como furtos e roubos”- completou. O Setor de Comunicação Social do batalhão informou que ninguém foi preso nesta operação e que todos os materiais irregulares encontrados foram apresentados na delegacia de Jequié, mediante documento oficial, contendo a relação nominal, com endereço e documentação das pessoas que portavam os respectivos objetos comercializados. * DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Pizzaria Bella Nina 1 ano em nossa cidade

No nosso aniversário de 1 ano em nossa cidade, o primeiro pedaço vai para você cliente! Tem novidade quentinha na sua mesa. Bella Nina Pizza pré-assada. São mais de 50 sabores para você levar e assar em sua casa. Apenas R$ 17,99 a unidade. Experimente também nossos combos promocionais. A Bella Nina espera por você. Aberto todos os dias das 17h às 23h. Rua Tomé de Souza, 285, centro de Ipiaú. Tel.: 73 3531-5299

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Dilma nega renuncia, diz que aguenta ameaças e que democracia é respeito ao voto popular

A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta sexta-feira (7), durante a entrega de casas populares em Roraima, que ela é uma pessoa que “aguenta ameaças” e que uma democracia “respeita a eleição direta pelo voto popular”. Além de dificuldades na economia, Dilma enfrenta a pior crise política desde o início do primeiro mandato, com setores da oposição defendendo o afastamento da presidente e membros do PSDB pedindo novas eleições. No Congresso, o governo sofre sucessivas derrotas e encontra dificuldades para reunificar a base aliada, que se pulverizou e não é mais garantia para aprovação de matérias na Câmara e no Senado. A popularidade da presidente também vive o pior momento. Segundo o instituto Datafolha, o governo Dilma tem o maior índice de reprovação (71%) desde a redemocratização do país. “Sou uma pessoa que aguenta ameaças. Sobrevivi a grandes ameaças à minha própria vida. Uma democracia respeita a eleição direta pelo voto popular. Eu respeito a democracia do meu país. Eu honrarei o voto que me deram”, declarou a presidente na cerimônia de entrega de um conjunto habitacional do programa Minha Casa, Minha Vida em Boa Vista. Dilma afirmou que os votos recebidos na eleição do ano passado dão a ela “legitimidade” para governar. A presidente disse respeitar a democracia porque sabe o que é uma ditadura – Dilma foi presa política e vítima de tortura durante o regime militar.* Fonte: g1

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Cliente vai poder bloquear celular roubado só com número do telefone

No país, há hoje 220 milhões de celulares ativos

O bloqueio de celulares roubados deve ficar mais fácil. A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) determinou que, até o fim deste mês, as operadoras de telefonia do país aceitem que o cliente bloqueie o celular roubado apenas informando o número do telefone.Atualmente, para bloquear uma linha, é preciso informar à operadora o número de registro de fábrica do aparelho celular (Imei), que está na nota fiscal. Em audiência pública na Comissão de Defesa do Consumidor, na última terça-feira (04), o superintendente da Anatel, José Bicalho, ressaltou a importância da mudança. “Vai facilitar a vida do consumidor que tiver seu aparelho roubado. Esse é um compromisso que está estabelecido até o fim do mês, mas a Anatel saberá atuar se não for resolvido”, garantiu. Segundo o Sindicato das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel (SindiTelebrasil), no cadastro de aparelhos roubados ou extraviados bloqueados no Brasil já constam 5,5 milhões de linhas, que representam 25% dos bloqueios do tipo no mundo. No país, há hoje 220 milhões de celulares ativos.

Fonte: Correio24h

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint