Ibirataia: Mulher de 50 anos diz ter sido amarrada e estuprada pelo primo na zona rural

ibira

Na manhã desta segunda-feira(31), três pessoas procuraram a delegacia de Ibirataia  para registrar queixa de sequestro e estupro na zona rural da cidade. De acordo com informações ,  uma das vitimas, de prenome “Dilma” contou que quando  chegava em casa acompanhada do esposo e de um amigo por volta das 19 horas de sábado (29) a residência  foi invadida por dois elementos. Ainda de acordo com  a vítima, os criminosos amarraram as três pessoas. Em seguida um deles teria estuprado a senhora, que tem aproximadamente 50 anos de idade. Os dois homens e a mulher só conseguiram sair das cordas por voltas das 9 da manha de domingo(30). Além do abuso sexual os elementos teriam levado das vitimas a quantia de 145 reais. Após registrar queixa na delegacia local a policia conseguiu prender um do acusados. Trata-se de um primo da mulher que teria sido estuprada. Ele está preso a disposição da justiça. A mulher acusa o referido elemento de já ter cometido pelo menos outros três estupros na região. A reportagem  do site Panorama Ipiaú entrou em contato com a Polícia Civil de Ibirataia que informou depoimento de testemunhas dando conta de outra versão do caso. Segundo disseram, a mulher em questão teria tido relações consensuais com o acusado e as pessoas envolvidas na denúncia seriam todos alcoólatras inveterados.  O caso está sendo averiguado pela Polícia Civil de Ibirataia. (Panorama Ipiaú)

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *