‘Estratégica’, Fiol sofreu por ‘questionamentos administrativos’, segundo Dilma por Luiz Fernando Teixeira

Foto: Divulgação/ MPT-BA

Foto: Divulgação/ MPT-BA

A Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) foi considerada “estratégica” para a Bahia pela presidente Dilma Rousseff (PT), durante entrevista conjunta para as rádios Metrópole e Barreiras, nesta quarta-feira (7). “Estamos prevendo que no segundo semestre de 2017 esteja concluído o primeiro trecho, enquanto que o trecho de Caetité a Barreiras tem previsão de conclusão no primeiro semestre de 2018”, declarou a petista. Segundo Dilma, os prazos de entrega da obra foram adiados por conta de diversos “questionamentos administrativos”. Outro empecilho surgiu durante a desapropriação de terra dentro de perímetro urbano. “O projeto de engenharia foi alterado porque estava muito difícil a desapropriação em Jequié e São José do Coribe”, declarou Dilma. A presidente ainda ressaltou que o Porto Sul (sob responsabilidade do governo do estado) já está habilitado para começar a ser instalado.

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *