Ibirapitanga: PM age rápido e prende assassino poucas horas após crime

PM prendeu Manoel (Foto: Ubatã Notícias)

Uma guarnição da Polícia Militar de Ibirapitanga prendeu, na tarde desta terça-feira (10), poucas horas após o crime, Manoel Costa Gomes, de 34 anos, acusado de matar, a golpes de facão, na zona rural do distrito de Itamarati, o vendedor de gás identificado como Ronaldo Cardoso dos Santos, funcionário da Itagás. O acusado confessou o crime brutal e em depoimento afirmou que a vítima supostamente o vinha ameaçando de morte. “Matei para não morrer”, teria dito Manoel. O acusado disse ainda que Ronaldo vinha ciumando de um suposto relacionamento dele com a ex-companheira da vítima, fato que segundo o assassino nunca teria ocorrido. O acusado foi levado rapidamente pela PM para a Delegacia Territorial de Ibirapitanga, isso porque havia o risco de ele ser linchado por populares. A morte de Roberto foi muito lamentada em Itamarati: “Era um grande menino, só anda rindo”, disse um amigo. Em tempo, as investigações serão conduzidas pelo delegado Paulo de Tarso. (Ubatã Notícias)

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *