Mineradora será multada em R$ 250 mi por desastre em MG

(Foto: Verônica Manevy/Imprensa MG)

(Foto: Verônica Manevy/Imprensa MG)

A mineradora Samarco, responsabilizada pelo rompimento das barragens no município de Mariana-MG, deverá ser multada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) em cerca de R$ 250 milhões. O valor foi estabelecido pela presidente Dilma Rousseff e pela ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira. Além da multa, a mineradora ainda terá que pagar indenizações por danos materiais, ambientais e humanos que somadas devem chegar à casa dos bilhões de reais. Nesta quinta-feira (12), a presidente Dilma sobrevoou a região mineira atingida pelo rompimento das barragens.Também nesta quinta-feira, os presidentes da Vale, Murilo Fereira, e da BHP, Andrew Mackenzie, responsáveis pela minas foco da tragédia, anunciaram a criação de um fundo de assistência às vítimas e ao meio ambiente. Na quarta-feira (11), a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, do Ministério da Integração Nacional, reconheceu situação de emergência na região. O procedimento sumário ocorre quando os eventos são de grande intensidade e impacto.

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *