Dário Meira: Prefeitura não pagou salários de Dezembro aos servidores

dario

Segundo informações obtidas pela reportagem do Site Panorama Ipiaú , até hoje dia 19/01, a prefeitura municipal de Dário Meira  não pagou o decimo terceiro salario dos servidores públicos e parte do funcionalismo publico ainda não receberam o salario referente ao corrente mês. O não pagamento dos itens citados a cima, interrompeu a circulação de dinheiro  no comercio local, que vem procurando sobreviver com dificuldades apesar do esforço dos empresários.  “Violência contra o trabalhador e desastre para economia. Diante do Ato de Improbidade do Executivo municipal de ousar a atrasar o 13º salário “uma nova história” dos servidores, mais uma vez, vem a público, por meio deste, REPUDIAR a decisão do Governo, porque não há justificativas para o atraso dos salários e nem do 13º salário. Está decisão do Governo reforça, ainda mais, o desrespeito às Leis, a dignidade da pessoa humana, gera uma turbulência na economia local e penaliza os trabalhadores/as do setor público, devido uma má gestão” finalizou um servidor que não quis se identificar . A reportagem tentou contato com a prefeitura de Dário Meira, mais até o momento não se pronunciaram sobre o assunto. (Panorama Ipiaú)

O QUE A LEI DIZ

O prazo para as empresas pagarem a primeira parcela do 13º salário, correspondente a 50% do valor total do salário de outubro, no mínimo, termina no dia 30 de novembro. O não-pagamento implica multa administrativa , de acordo com a lei nº 7.855/89, artigo 3º.

“Esse é um direito de todos os empregados urbanos, rurais e domésticos. As empresas devem ficar atentas aos prazos, para não correrem o risco de pagar multas e até mesmo para evitar uma possível ação trabalhista”, explica o presidente do Sindcont-SP (Sindicato dos Contabilistas de São Paulo), José Heleno Mariano.

A MULTA TAMBÉM APLICA-SE AS PREFEITURAS

Neste caso a justiça precisa ser provocada. O Sindicato dos Servidores Municipais já deveria ter entrado em ação, ou pelo menos emitido parecer sobre este assunto para que os funcionários públicos de Coari tivesse um norte a ser seguido, mas até agora o sindicato mantê-se silencioso e conivente com as irregularidades em torno do não pagamento do décimo.

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *