AEDES AEGYPTI: se havia motivos para preocupação, agora, mais ainda!

edipiO medo com a proliferação das doenças mais faladas e temidas nos últimos tempos no Nordeste Brasileiro e agora, definitivamente, no Brasil inteiro, a Dengue, o Zica Vírus e a Chicugunya, que têm como vetor o mosquito Aedes Aegypt, é muito mais perigoso do que se divulgam e se pode imaginar, haja vista a associação comprovada das doenças com o crescente número de casos de microcefalia no nosso país. Motivo pelo qual, devemos ter total cuidado para evitar que ele nasça e se reproduza.

20160201021144

Quando usamos a expressão “devemos”, nos referimos aos Poderes Públicos, Nação, Estados e Municípios, bem como da sociedade, do cidadão, este último com papel fundamental no processo de combate ao mosquito, inimigo da saúde. O Cidadão não pode e nem deve ficar à espera das ações pontuais dos órgãos de saúde para combater o Aedes Aegypt. Esse é um combate que exige a união de todos, devemos ter essa compreensão. Não em termos literais, mas, estamos numa guerra e precisamos exterminar o inimigo.

20160201021146

A Prefeitura de Ipiaú, através da Secretaria Municipal da Saúde, vem desempenhando seu papel na luta diária, incansável e constante no combate ao mosquito. “Compreendemos perfeitamente a preocupação dos munícipes quanto à proliferação desse mosquito e agradecemos sempre a participação da comunidade neste importante processo de combate e controle, seja com denúncia pelo telefone 3531-3209, pelas redes sociais, nos programas de rádio, o cidadão deve mesmo participar e agir no processo. Mas, aproveitamos o ensejo, para mais uma vez, informar e tranquilizar a população de Ipiaú que o combate a essas doenças é um dos maiores compromissos do Prefeito Deraldino Araujo e que a Secretaria Municipal da Saúde está atenta e atuante também neste quesito. Implantamos aqui em Ipiaú e executamos o Plano de Contingência e de Enfrentamento ao mosquito e a microcefalia, realizamos a capacitação nas eficientes equipes de Agentes Comunitários de Endemias e de Saúde para o enfrentamento ao mosquito, realizamos com alta periodicidade os projetos de mutirões nos Bairros, bloqueio com bomba costal, Dia “D” Municipal, levantamento de índices de infestações, capacitação em manejo clínico nas doenças, “Sábados Vermelhos” (quando os ACE e ACS trabalham todos os sábados), tratamento dos depósitos com focos, visitas domiciliares periódicas, capacitação e orientação para a população nas Unidades de Saúde, divulgação constante nos meios de comunicação acerca do combate ao Aedes Aegypt, e dizer à população que todo este trabalho que vem sendo executado já levou a nossa Ipiaú a obter bons resultados, visto que de 2009 à 2015 foi constatado um declínio bastante significativo, pois dos 1.616 casos confirmados de dengue em 2009, atualmente, até o ano de 2015, foram confirmados 05 casos, tendo assim uma redução de 99,88% dos casos confirmados”, disse a Secretária Municipal da Saúde Dra. Jamine Barros de Araújo. Segundo dados do levantamento de índices de infestações e de situação epidemiológica de Ipiaú, o índice atual é de 1.33, o que é considerado baixíssimo e altamente controlado, não erradicado.  “A obtenção desse baixo índice em nossa Cidade, que é fruto do nosso trabalho e também da ação do cidadão, não causa comodismo na nossa equipe e nem poderia, causa sim, maior motivação para nós enquanto gestora da saúde, no nosso Coordenador de Endemias Sandro Gouveia e em toda à equipe da Secretaria da Saúde e em especial os ACE, pois constatamos assim que estamos fazendo o certo e com muita eficiência. Mas continuaremos na luta diária e incansável contra o mosquito vetor”, completou a Secretária. Para denunciar qualquer tipo de situação de risco e preocupação com a proliferação do mosquito Aedes Aegypt telefone para a Secretaria Municipal da Saúde através do número 3531-3209.

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *