Horário de verão termina no próximo fim de semana

bf4b989b98a4bd72d67ee6f7aa93af17

À meia-noite do próximo sábado para domingo, de 20 para 21 de fevereiro, os relógios devem voltar ao normal, sendo atrasados em uma hora nos Estados das regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste do país. Foram quatro meses no sistema que agrada a alguns e deixa outros desanimados. Segundo o Ministério de Minas e Energia (MME), o horário de verão tem como objetivo principal a redução da demanda máxima do Sistema Interligado Nacional no período de ponta, ou seja, quando mais pessoas, empresas e indústrias estão utilizando a energia elétrica. Isso é possível porque a parcela de carga de iluminação passa a ser acionada mais tarde do que normalmente o seria, motivada pelo adiantamento do horário. Está prevista economia de R$ 7 bilhões para o setor elétrico brasileiro, com a redução de 2.610 megawatts no consumo. O horário de verão ocorre todos os anos, sem interrupções, desde 1985, com algumas diferenças nos Estados que aderem à mudança e também em relação aos períodos de duração. O primeiro horário diferenciado ocorreu entre 1931 e 1932, adotado pelo presidente Getúlio Vargas, com duração de cinco meses.

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *