Ipiaú: Prefeito Deraldino rebate afirmação da diretora do HGI

055

“O Hospital Geral de Ipiaú não tem capacidade de resolução. Trata-se de uma unidade exclusivamente de triagem”. A declaração do prefeito de Ipiaú, Deraldino Araújo, foi em resposta à diretora do Hospital Geral, Meirinha Alves que, em entrevista a um blog da cidade, afirmou que a superlotação do Hospital geral se dá por conta do não funcionamento das unidades de saúde do município. De acordo com o prefeito Deraldino Araújo, a declaração da diretora do HGI é infundada e inverídica, já que todas as 12 unidades de saúde do município estão funcionando, inclusive com 2 pediatras, o que não existe no HGI. Deraldino Araújo falou ainda que o Hospital Geral de Ipiaú não tem atendimento de emergência, e que os pacientes que procurarem atendimento de traumatologia, cardiologia, acidente vascular cerebral, apendicite ou mesmo uma hérnia encarcerada, têm que ser transferido para outros centros, principalmente o Hospital Prado Valadares, em Jequié. Para o prefeito de Ipiaú, o problema do HGI se agrava ainda mais no período da noite, quando geralmente falta médico para atender aos vários casos que, muitas vezes, são de cidades da região e não só de Ipiaú, como aconteceu recentemente de o HGI ficar sem médico por dois dias.

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *