Ipiaú: Reunião define novo ‘faxinaço’ contra o mosquito Aedes aegypti

Representantes de vários setores da prefeitura participaram da reunião

Representantes de vários setores da prefeitura participaram da reunião

Devido aos positivos resultados que a primeira edição do evento trouxe para o município no trabalho de prevenção e combate à Dengue , Chicungunya e Zika Vírus, e também levando em conta ameaça ainda existente de epidemia, a Secretaria Municipal da Saúde decidiu pela realização do 2º Faxinaço de Combate ao Mosquito Aedes Aegypti, que deverá acontecer na próxima sexta-feira, dia 11 de março. A decisão pela realização do 2º Faxinaço contra o mosquito aedes aegypti, foi tomada durante a reunião do Comitê do Plano Municipal de Combate à Dengue, Zika Vírus e Chicungunya, realizada no início da tarde desta terça-feira, no gabinete do prefeito Deraldino Araújo, evento que contou com a participação de representantes de diversos segmentos da sociedade local, entre eles, Dra. Jamine Barros de Araújo, secretária municipal da Saúde, Jean Kleber, Presidente da Câmara de Vereadores de Ipiaú, PM Jessé, representando a 55ª CIPM, Meirinha, Diretora do Hospital Geral de Ipiaú, Andréia Cardoso, representante da Vigilância Sanitária, além de todos os secretários, diretores e assessores da prefeitura de Ipiaú.

Durante o encontro a secretária de Saúde Jamine Barros de Araújo fez um relato detalhado da situação em que se encontra o município em relação ao mosquito aedes aegypti, mostrando dados recentes, sobre a dengue, zika vírus e chicungunya, mostrou todas as ações que o município vem realizando na prevenção e combate das doenças, a exemplo dos mutirões, Dia D de Combate, cobertura de reservatórios de água, uso de bomba costal, bloqueio perifocal, carro fumacê, controle por parte dos Agentes comunitários de Saúde e Agentes Comunitários de endemias, capacitações da equipe de saúde, inspeção em tanques e reuniões. O prefeito Deraldino Araújo participou ativamente da reunião, fazendo uma série de perguntas sobre o trabalho que toda a equipe envolvida vem realizando, não só no combate a mosquito vetor, como também, na fiscalização de terrenos baldios e domicílios fechados, sendo que, sobre esses últimos, o prefeito destacou a necessidade de ações mais rigorosas, através de autorizações da justiça e por força de decreto municipal, para que a comunidade não seja prejudicada por aqueles que não estejam dispostos a colaborar com o trabalho.

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *