MP quer explicação das TVs sobre horários das igrejas

o-lider-da-igreja-internacional-da-graca-de-deus-rr-soares-durante-culto-em-2004-1431975376979_300x300

Iniciativa que há muito se esperava foi tomada pelo procurador Sérgio Suiama, do Ministério Público, que instaurou inquérito contra a despropositada ocupação religiosa nas grandes redes de televisão. Várias dessas emissoras foram chamadas a se explicar. Record e Bandeirantes chegaram a responder a um questionário enviado, mas a ambas foram solicitadas novas informações. Rede TV! e Gazeta ainda estão por devolver as suas respostas. Devemos reconhecer que para o meio de TV, em tempos recentes, não houve nenhum outro fato mais significativo que este. Para a desordem instalada, inclusive com algumas emissoras transformadas em templos religiosos em tempo integral, casos da Rede 21 e CNT, há muito se reclamava por alguma providência. É importante que o Ministério Público tome a frente disso e possa dar um fim às transgressões cometidas e contra as quais outras autoridades, por covardia, conveniência ou descaso, jamais resolveram se posicionar.
(Flávio Ricco)

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *