Daily Archives: 17/11/2016

Governo da Bahia abre inscrições para concurso da Agerba; salário inicial é de R$ 6 mil

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O governo do estado abrirá, na próxima segunda-feira (21), inscrições para concurso da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba). Serão ofertadas 60 vagas – 24 para o cargo de Especialista em Regulação e 36 para Técnico em Regulação – sendo que 30% deste total será reservado a candidatos que se declararem negros e 5% para pessoas com deficiência. O concurso é promovido pela Secretaria da Administração do Estado (Saeb) e atende ao Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado entre Agerba e Ministério Público Estadual. O edital de abertura de inscrições foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (17). As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet, no site da organizadora do certame, o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (acesse aqui), até o dia 20 de dezembro, observando o horário de Brasília. Para o cargo de Especialista em Regulação, a inscrição será R$ 140. Já para Especialista, o valor será R$ 70. O candidato só poderá realizar uma inscrição para o referido concurso. A homologação das inscrições será disponibilizada pela organizadora a partir do dia 27 de dezembro. Para concorrer ao cargo de Especialista em Regulação, o candidato deve possuir formação superior em Administração, Ciências Econômicas, Ciências Contábeis, Direito, Estatística, Arquitetura, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Engenharia Química, Engenharia de Computação, Engenharia Mecânica, Engenharia Naval, Engenharia de Transportes, Ciência da Computação, Processamento de Dados, Análise de Sistemas, Informática, Sistemas de Informação ou Tecnologia da Informação. As 24 vagas ofertadas serão distribuídas entre Salvador, sede da Agerba (20 vagas) e os municípios de Barreiras (1 vaga), Bom Jesus da Lapa (1 vaga), Seabra (1 vaga) e Teixeira de Freitas (1 vaga) – sendo seis reservadas para negros e uma para pessoas com deficiência, todas em Salvador. Em todos os casos, a função terá carga horária de 40 horas semanais e a remuneração inicial será no valor de R$ 6.021,64. Já para o cargo de Técnico em Regulação é exigido o Ensino Médio, desde que se apresente certificado reconhecido do Ministério da Educação (MEC), ou técnico profissionalizante, desde que observadas as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Profissional de Nível Técnico. As 36 vagas serão distribuídas por Salvador (15 vagas) e pelos municípios de Alagoinhas (2 vagas), Barreiras (3 vagas), Bom Jesus da Lapa (2 vagas), Feira de Santana (2 vagas), Itabuna (2 vagas), Jequié (1 vaga), Juazeiro (2 vagas), Santo Antônio de Jesus (1 vaga), Seabra (3 vagas), Teixeira de Freitas (2 vagas) e Vitória da Conquista (1 vaga). Deste total, seis serão reservadas para negros (Barreiras, Salvador e Seabra) e uma para pessoas com deficiência (Salvador). Em todos os casos, a função terá carga horária de 40 horas semanais e a remuneração inicial será no valor de R$ 2.146,37. O concurso público terá sistemas diferentes para avaliação. Candidatos ao cargo de especialista serão submetidos a três etapas: Provas Objetivas, Prova Discursiva (ambas de caráter eliminatório e classificatório) e Prova de Títulos, apenas classificatória. Candidatos à função técnica apenas passarão pelas Provas Objetivas e Prova Discursiva. Todas as etapas serão realizadas em Salvador. A realização da primeira e segunda etapas, para os dois cargos, está prevista para o dia 29 de janeiro de 2016. Serão disponibilizadas 4h30 para responder às questões e preencher a folha de respostas. Informações sobre as etapas subsequentes, assim como cronograma do certame e o conteúdo programático, estão disponíveis no edital. Este concurso público terá validade de dois anos.

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Coleta de lixo em Jequié volta a ser normalizada

noticias-a768602d16

Depois de 5 dias para a empresa Torre retomou a coleta de lixo em Jequié. Na manhã desta quinta feira os caminhões coletores foram vistos nas ruas da cidade recolhendo a lixarada, estimasse que vai demorar um certo tempo para que a situação seja normalizada, por que o volume de lixo espalhados pelos bairros é muito grande. No dia 10 de novembro a Prefeitura de Jequié liberou um pagamento de mais de 2 milhões de reais para a Torre, mesmo assim a empresa alega que a dívida é bem maior.

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Zé de Moraes, ao vivo e a cores

Trabalhador, muito trabalhador, e esperto também, embora tenha seus momentos de cochilos. José Gomes Moraes, 60 anos, uma  trajetória cheia de causos, negócios, fogos, artifícios, folclore. Legitima personalidade da nação ipiauense. Firma atestada e reconhecida com o timbre de “Zé de Moraes”. Isso por ser filho do padeiro e ex-vereador Antonio Moraes, marido de dona Yayá que era devota do santo casamenteiro. Zé de Morais é muito mais do que se pensa. Na sua pluralidade profissional  constam as atividades  de padeiro, comerciante, organizador de romarias, locutor, cabo eleitoral,garçom e tantas outras artes que poderiam constar num almanaque. Também é pai de um padre. Nas festas de largo, micaretas, carnavais, sua barraca tinha lugar garantido e era muito frequentada. Dela diziam: “A barraca de Zé de Morais é a primeira que chega e a ultima que sai”. Aturava bêbados, enrolava outros, amanhecia o dia. “Vendia fiado mais cobrava dobrado”, afirmavam  as más línguas.
Arvorando-se na política Zé de Moraes se candidatou a vereador, tendo como concorrente mais próximo o próprio pai. Perdeu a eleição, entretanto ganhou projeção no anedotário local em decorrência dos hilariantes discursos. No Circo Palácio do Riso que tinha um palhaço chamado “Supapo”, chegou a ser locutor, experiência repetida em palanques de políticos das localidades circunvizinhas, nos anúncios de produtos comerciais ou das romarias e excursões para Bom Jesus da Lapa, Milagres, Canavieiras, Itacaré e outras paias. No sagrado ou no profano, sempre encontrava um meio de faturar.
https://www.youtube.com/watch?v=pRByLK3KdI8

No período junino vende fogueiras, fogos de artifícios. Certa vez sua barraca de fogos explodiu causando pânico na população. Escapou ileso. Refeito do susto voltou à luta. Quando a padaria, herdada do pai, estava em declínio, resolveu colocar uma placa que denunciou uma prática. “Agora sob nova direção, com água da Embasa”. Nos fundos do estabelecimento instalou um dormitório, ponto de encontros de casais clandestinos.

Nas tarde quentes do verão ipiauense  “Zé de Moraes” tira os seus cochilos perante o publico. Disso aproveitam os meninos traquinos e lhe aplicam pequenos furtos. Esbraveja, mas acaba se conformando. Um dia disseram que ele tinha morrido. Ao saber disso pegou o microfone e avisou em alto e bom tom: ”Estou vivo, de carne e osso”.  Ao vivo e a cores Zé de Moraes é símbolo no que Ipiaú tem de mais essencial.  José Gomes Moraes faleceu no dia 10 de abril de 2013. (Giro/José Américo Castro)
WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Ipiaú: Ministério Público reintegra servidores do SAMU que haviam sido demitidos

foto-samu-materia

Reassumiram suas funções na manhã desta quinta feira (17) cinco condutores socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) que haviam sido demitidos pelo prefeito Deraldino Alves e substituídos por motoristas do setor de saúde pública municipal, alegando necessidade de contenção de despesas. A reintegração dos servidores aos seus cargos ocorreu devido à solicitação dos demitidos junto ao Ministério Público, que acolheu a queixa fazendo-os retornar ao trabalho. A demissão dos cinco condutores do SAMU de Ipiaú, que atende à várias cidades da região, chamou a atenção pelo fato de que foram substituídos por funcionários sem a qualificação técnica para o cargo, que requer em média entre dois a três anos de treinamento através do Ministério da Saúde.

Ipiaú on Line

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Jaques Wagner assume secretaria no governo de Rui na segunda-feira (21)

Rui Costa não quis informar qual pasta Wagner vai ocupar.

Rui Costa não quis informar qual pasta Wagner vai ocupar.

O ex-ministro da Casa Civil no governo da presidente Dilma Rouseff e ex-governador da Bahia, Jaques Wagner, assumirá na próxima segunda-feira (21) uma secretaria de estado na Bahia. De acordo com o governador Rui Costa, a nomeação será publicada no Diário Oficial do Estado deste sábado (19). No entanto, Rui Costa não quis informar qual pasta Wagner vai ocupar. Os rumores são de que o ex-governador vai assumir a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), ocupada hoje por Jorge Hereda. Rui não quis comentar sobre outras possíveis mudanças no seu secretariado. No entanto, questionado sobre uma possível saída de Walter Pinheiro da Secretaria da Educação do Estado, o governador negou o boato e afirmou que Pinheiro permanecerá na pasta. *Correio da Bahia
WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Ipiaú: Chuva rápida causa alagamentos em vários pontos da cidade

agua

Ponto de alagamento na Praça Salvador da Mata. Foto: Leitor do Panorama.

A rápida, mas intensa, chuva que caiu no fim  da tarde desta quarta-feira(17) em Ipiaú causou vários pontos de alagamentos na cidade. Praça do Cinquentenário, Rua Atahyde Ribeiro ( a popular Rua da Brasilgás ) e Rua Vicente Júlio Aragão ( na entrada do Bairro Novo ) um dos locais mais atingidos pelas águas pluviais. O grande volume de água foi provocado, conforme a meteorologia, devido à uma massa de ar quente que se encontra sobre toda a região sul da Bahia. De acordo previsão do Climatempo, o clima chuvoso deve continuar com precipitações todos os dias, pelo menos até domingo (20). Um vídeo enviado por leitor pelo leitor,  para reportagem do site Panorama Ipiaú, através do aplicativo WhatsApp, (73981867081) mostra um grave alagamento em um trecho da Praça Salvador da Mata, em frente ao Mercado Deus te Ama, provavelmente a rede de esgotos estava entupida, por causa do lixo jogado no chão, na rua  e por falta de manutenção da rede de esgoto, pelo órgão competente. Vale ressaltar que a falta de planejamento é a principal causa dos alagamentos, pois as galerias não suportam o volume das águas que não tem por onde escoarem. Esse é um velho problema que a administração pública ainda encontra dificuldades para soluciona-lo. (Panorama Ipiaú)

Assista Vídeo 

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Mais um ex-governador do RJ é preso pela PF

Sérgio Cabral foi preso na Operação Calicute. Foto: Divulgação

Sérgio Cabral foi preso na Operação Calicute. Foto: Divulgação

A Polícia Federa (PF), em ação conjunta com o Ministério Público Federal (MPF) e a Receita Federal do Brasil (RFB), deflagraram agora pela manhã (17) a Operação Calicute com o objetivo de investigar o desvio de recursos públicos federais em obras realizadas pelo governo do estado do Rio de Janeiro. O prejuízo estimado é superior a R$ 220 milhões. A apuração identificou fortes indícios de cartelização de grandes obras executadas com recursos federais mediante o pagamento de propinas a agentes públicos, entre eles, o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, preso em sua residência, no Leblon, bairro zona sul do Rio. Neste momento, policiais federais conduzem o ex-governador para a Superintendência da PF, na Praça Mauá, zona portuária da cidade. Duzentos e trinta agentes cumprem 38 mandados de busca e apreensão, oito mandados de prisão preventiva, dois mandados de prisões temporárias e 14 mandados de condução coercitiva expedidos pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, além de 14 mandados de busca e apreensão, dois mandados de prisão preventiva e um mandado de prisão temporária expedidos pela 13ª Vara Federal de Curitiba. A Operação Calicute é resultado de investigação em curso na força-tarefa da Operação Lava jato no Estado do Rio de Janeiro em atuação coordenada com a força-tarefa da Operação Lava Jato no Paraná. O nome da operação é uma referência às tormentas enfrentadas pelo navegador Pedro Álvares Cabral a caminho das Índias. Com informações da Agência Brasil

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Rui quer ampliar relações da Bahia com a Alemanha

Governador Rui Costa em audiência com presidente do Parlamento alemão, Sr. Norbet Lamert e o Embaixador da Alemanha no Brasil, Sr. Georg Witeschel Foto: Carla Ornelas/GOVBA

Governador Rui Costa em audiência com presidente do Parlamento alemão, Sr. Norbet Lamert e o Embaixador da Alemanha no Brasil, Sr. Georg Witeschel
Foto: Carla Ornelas/GOVBA

O governador Rui Costa recebeu, nesta quarta-feira (16), uma comitiva composta pelo presidente do parlamento alemão, Nobert Lammert, pelo embaixador da Alemanha no Brasil, Georg Witschel, e pela consulesa honorária da Alemanha em Salvador, Petra Schaeber. O desenvolvimento de novas parcerias, inclusive na área educacional, foi um dos assuntos discutidos no gabinete do governador, no Centro Administrativo da Bahia (CAB). De acordo com Rui, a troca de experiências entre os gestores baianos e alemães é produtiva. “É uma forma de saber como as nações mais antigas [como a Alemanha] resolveram seus problemas”, afirmou. No encontro, o governador também entregou ao parlamentar alemão um atlas com informações detalhadas sobre a vocação baiana para produção de energia eólica, além de chocolates orgânicos produzidos no estado.

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Sérgio Cabral é preso na Operação Calicute, nova fase da Lava Jato

A Polícia Federal, em ação conjunta com o Ministério Público Federal (MPF) e a Receita Federal, deflagrou nesta quinta-feira, 17, a Operação Calicute com o objetivo de investigar o desvio de recursos públicos federais em obras realizadas pelo governo do Estado do Rio de Janeiro. O prejuízo estimado é superior a R$ 220 milhões. O ex-governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), foi preso preventivamente. O peemedebista estava em sua casa, no Leblon, zona sul da capital, e foi levado pela PF sob gritos de “ladrão” de cidadãos. Em nota, a PF informou que a apuração em curso identificou fortes indícios de cartelização de grandes obras executadas com recursos federais mediante o pagamento de propinas a agentes estatais, incluindo um ex-governador do Estado do Rio de Janeiro, além de outros fatos. Duzentos e trinta policiais federais cumprem 38 mandados de busca e apreensão, 8 mandados de prisão preventiva, 2 mandados de prisões temporárias e 14 mandados de condução coercitiva expedidos pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, bem como 14 mandados de busca e apreensão, 2 mandados de prisão preventiva e 1 mandado de prisão temporária expedidos pela 13ª Vara Federal de Curitiba. São investigados os crimes de pertencimento à organização criminosa, corrupção passiva, corrupção ativa, lavagem de dinheiro, entre outros. Também participam das diligências dezenove procuradores do MPF e cinco auditores fiscais da Receita. A operação Calicute é resultado de investigação em curso na força-tarefa da Operação Lava Jato no Estado do Rio de Janeiro em atuação coordenada com a força-tarefa da Operação Lava Jato no Paraná.

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint