Deputado Roberto Britto nega acusações de favorecimento no Projeto Minha casa Minha Vida

noticias-0d06f84f09

A denúncia referente ao Programa Minha Casa Minha Vida não procede, os Empreendimentos do Campo Belo e Colina foram feito os cadastros na gestão de Luiz Amaral e entregue no início da gestão de Tânia 2013, e o Curral Novo – Segredo, não teve cadastramento, foram usados os dados de registros das pessoas não contempladas nos empreendimentos já entregues. Foi publicado no site da PMJ os nomes enviados para análise do Banco do Brasil (agente financiador) e posteriormente nos meses de junho e julho de 2015 e janeiro e fevereiro de 2016 publicado lista com nomes de pessoas com pendências a ser solucionadas (avisado a população através das rádios locais). Cabendo a cada inscrito dirigir-se a diretoria de habitação e resolver as pendências para ser reencaminhada ao Banco.

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *