Geddel entrega carta de renúncia a Temer

Geddel não resistiu às pressões após denúncia do ex-ministro Calero

Geddel não resistiu às pressões após denúncia do ex-ministro Calero

Após afirmar na quinta-feira (24/11) que não tinha motivo para renunciar ao cargo, na manhã desta sexta (25), o ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima (PMDB), voltou atrás e entregou ao presidente Michel Temer uma carta na qual pede para deixar o cargo. O presidente Michel Temer já foi comunicado e aceitou o pedido. A informação foi confirmada pela assessoria  do Palácio do Planalto. Na carta de demissão, Geddel fala que retorna para a Bahia torcendo pelo governo e tece elogios ao presidente da república. O político ainda justifica que sua saída do cargo é por conta do volume de críticas envolvendo seu nome. O nome do cacique do PMDB baiano vem sofrendo desgaste desde que o ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero, ao pedir demissão do cargo, denunciou Geddel de ter lhe pressionado para liberação de laudo técnico da construção do  edifício La Vue em Salvador, onde o peemedebista diz ter comprado um apartamento.

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *