Ipiaú: Sem soro antiofídico no HGI , homem morre após ser picado por uma cobra

imagem

O homem foi picado por uma jararaca. Foto ilustrativa

Um homem morreu após ser picado por cobra na Zona Rural de Ipiaú na tarde desta sexta-feira(18). Ele foi encaminhado para o Hospital Geral de Ipiaú , mas na unidade não havia soro antibotrópico, específico para combater o veneno da jararaca. O homem foi transferido  para o Prado Valadares na cidade de Jequié , mas não resistiu. A família acredita que se o agricultor tivesse ido para Jequié teria sobrevivido.

hgi

HGI não havia soro antibotrópico, específico para combater o veneno.

De acordo com  agricultores da região, nessa época do ano aumenta o risco de ataque de cobra, já que este é o período em que elas se reproduzem.  Os acidentes envolvendo jararaca correspondem a mais de 80% dos casos com animais peçonhentos no Brasil.  A primeira recomendação, em caso de picadas de cobras, é manter a calma a fim de evitar a circulação do veneno no corpo. Também é indicado que a vítima beba bastante água, se estiver consciente, para evitar lesão renal.

3589_1

jararaca correspondem a mais de 80% dos casos com animais peçonhentos no Brasil

É importante que o paciente não se movimente e fique em repouse. O local da picada deve ser lavado com água e sabão. Em seguida, deve-se procurar o atendimento especializado. A falta de soro para combater o veneno de cobra em Ipiaú  preocupa, principalmente quem trabalha no campo. A reportagem entrou em contato com o Hospital Geral de Ipiaú, mais até o momento ninguém se pronunciou sobre o caso. ( Panorama Ipiaú)

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *