Ipiaú: Animais são vítimas de envenenamento em bairros da cidade

Animais estão sendo envenenados.

O envenenamento é uma das principais causas de morte de animais nos bairros em Ipiaú. A situação é preocupante. Todos os dias  há registros de casos de animais envenenados. A maioria deles não sobrevive. E os envenenadores acabam ilesos, visto que muitas das vezes não se sabe a identidade deles. De acordo com um leitora do site Panorama Ipiaú, que não quis se identificar, o crime de envenenamento dos animais estão ocorrendo nas ruas São Roque, Manoel Mendes e Hildebrando Nunes.
Em apenas uma semana foram registradas cinco situações envolvendo três gatos e dois cachorros. O envenenamento atinge em maior quantidade os gatos, mas os cachorros também têm sido vítimas da maldade humana nas localidades. Vale lembrar que envenenar animais é crime, de acordo com a Lei Federal nº 9605/2018 – Decreto de Lei nº 24.645/34, com pena de reclusão de três meses a um ano e multa. A pena é aumentada de um sexto a um terço se ocorrer a morte do animal.  Nesta Lei também consta que, quem praticar ato de abuso, maus tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos, nativos ou exóticos é penalizado.

O envenenamento atinge em maior quantidade os gatos

Dicas
Se suspeitar do envenenamento do seu pet procure imediatamente a ajuda de um profissional. De acordo com o veterinário Ariel Silveira da Silva, envenenamentos são emergências e, nesses casos, o ideal é procurar imediatamente um médico veterinário, se possível deve-se levar junto a substância ingerida. “Não existe antídoto específico, e o tratamento é feito com base nos sinais clínicos que o animal está apresentando, por isso, só faça alguma coisa se souber exatamente o que ocorreu com o animalzinho”. Para o veterinário é muito comum acreditar que fazer o bichinho vomitar o que ingeriu o fará melhorar. “Na verdade pode ser muito perigoso. O vômito só ajuda em determinadas situações, em outras, piora o quadro. E o caso de envenenamentos por substâncias cáusticas que são extremamente irritantes às vias aéreas. Se esse tipo de substância for ingerida e depois vomitada causará queimaduras ainda mais graves”. Caso ocorra um envenenamento doloso do seu animalzinho ou algum animal próximo, peça um laudo ao médico veterinário e registre um Boletim de Ocorrência na Delegacia de Polícia. Denuncie, pois, além de ser crime de maus-tratos contra os animais, a comercialização clandestina de raticida é crime com penalidades previstas em lei. (Panorama Ipiaú)

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *