Leilão da Ebal deverá ser marcado para o primeiro trimestre de 2017

dgfd

Loja da Cesta do Povo em Ipiaú permanece funcionando.

O leilão da Empresa Baiana de Alimentos (Ebal), que administra o programa Cesta do Povo, deverá acontecer no primeiro trimestre do próximo ano em data ainda a ser confirmada. A informação divulgada na imprensa da capital, foi confirmada à pelo superintendente de Estudos e Políticas Públicas da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico (SDE), Reinaldo Sampaio.  No início deste ano, a companhia chegou a marcar um leilão, na Bolsa de Valores de São Paulo, tendo preço fixado em R$ 81 milhões, mas o certame acabou sendo adiado por falta de interessados. Desde então, a companhia vem acelerando o processo de enxugamento com o fechamento de lojas. Apenas 96 lojas da Cesta do Povo ainda estão funcionando. Segundo a Associação Baiana dos Trabalhadores da Ebal/Cesta do Povo, revela que o programa chegou a ter 245 unidades. Cerca de mil funcionários foram demitidos, estando apenas 800 ainda trabalhando. “Ainda assim, recebendo salários atrasados e sem a primeira parcela do décimo terceiro”, denuncia o presidente da associação dos trabalhadores, Francis Tavares. “Duvidamos muito que a companhia, com dívidas que superam R$ 60 milhões, volte a ter maiores interessados”, diz Tavares. Ele acredita que o governo acabe optando pela liquidação da empresa, a exemplo do que ocorreu com a Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA). O superintendente de Estudos e Políticas Públicas da SDE não faz maiores considerações sobre as demissões dos funcionários nem o processo que a associação ingressou na Justiça para que, pelo menos os funcionários que faltam até cinco anos para se aposentar sejam transferidos para outros órgãos estaduais. (A Tarde)

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *