Conselho Estadual reconhece curso de Medicina em Jequié

O Conselho Estadual de Educação (CEE) emitiu parecer aprovando, por seis anos, o Reconhecimento do curso de Medicina, oferecido pela Uesb no campus de Jequié. O parecer foi publicado no Diário Oficial do último dia 19. Após o parecer, o Conselho encaminhou o Ato ao governador do Estado. “O Reconhecimento significa que conseguimos, nestes seis anos, planejar, organizar e implementar um projeto pedagógico que atendesse de forma atualizada às Diretrizes Curriculares Nacionais, formando profissionais médicos capazes de atender às demandas de saúde, com visão crítica da realidade, levando em conta os aspectos técnicos e éticos necessários”, destacou o coordenador do Curso, professor Tarso Carvalho Barberino. Para o professor, esse “é um momento muito importante também para a cidade de Jequié, que tem a concretização de um Curso tão fundamental para formação de profissionais que podem contribuir para reduzir o cenário de desassistência em saúde e a carência de médicos nas cidades mais distantes dos grandes centros do país”. Já para a professora Talamira Taíta Rodrigues, pró-reitora de Graduação (Prograd), o Reconhecimento é um desdobramento do trabalho de professores, alunos e da gestão administrativa/acadêmica da Universidade. “Esse momento é de coroamento para todos aqueles que acreditaram no potencial do curso, que se esforçaram para dar certo”, ressaltou a professora. O professor Paulo Roberto Pinto Santos, reitor da Uesb, afirmou que o Reconhecimento, após a formatura da primeira turma do Curso, fecha um ciclo. “Esse resultado nos coloca com objetivo de avançar na melhoria da infraestrutura e na qualificação do corpo docente, garantindo a manutenção da qualidade dos profissionais formados pela nossa Universidade”, afirmou o reitor. O Curso de Medicina do campus de Jequié foi criado em 2009 e teve a sua primeira turma formada em outubro de 2016. Informação da assessoria de imprensa da Uesb

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *