Policia Civil já tem identidade dos autores dos cinco homicídios em Jequié

Para delegado assassinatos estão relacionados a guerra de facções

A Policia Civil segue investigações para elucidar os crimes e prender os autores dos cinco homicídios praticados neste ano de 2017 em Jequié. Um dos responsáveis pela morte de Paulo Breick, no bairro Bela Vista foi detido. Com o meliante foi apreendido um revólver calibre 38 e 6 munições, supostamente usado no crime. Das mortes registradas, duas pessoas foram identificadas e outras três estão em fase de conclusão do inquérito. Segundo Dr. Cristiano Mangueira, delegado titular da DT da 9ª Coorpin, os assassinatos estão relacionados a guerra de facções. O agente destacou ainda a superlotação do Conjunto Penal de Jequié, onde recentemente em diligência foram retirados 114 celulares que facilitariam a comunicação dos internos com ações externas. No ano passado 33 armas foram apreendidas, 97 pessoas morreram, destas 93 por homicídio. Já em 2017, sete foram a óbito, cinco por homicídio e duas em atos de resistência. O Jardim Tropical e Jequiezinho tem revelado como locais de maior índice de violência. Para melhorar a comunicação com a população, a Polícia Civil está usando o WhatsApp (73) 988201009, onde as pessoas poderão denunciar. A 9ª Corpin recentemente recebeu dois delegados e sete investigadores para Jequié, um delegado para Ipiaú e outro para Milagres.

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *