Presos da Lava Jato dividem ala com facções e temem rebelião

No Complexo Médico Penal de Pinhais, em Curitiba, presos pela Operação Lava Jato têm receio de que a onda de rebeliões chegue ao presídio. No local, criminosos condenados por crimes como homicídio e estupro dividem ala com políticos como o ex-ministro José Dirceu e o deputado cassado Eduardo Cunha. As informações são da coluna Painel, do site do jornal Folha de S. Paulo, do último domingo (22). Ainda de acordo com o jornal, há inclusive membros de facções presos no complexo.

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *