“Fatos conduzidos sobre o Hospital Geral de Ipiaú não passa de politicagem”, diz diretor

Diretor do HGI, João Henrique. Foto: Panorama Ipiaú

O diretor do Hospital Geral de Ipiaú (HGI), João Henrique Cruz Sampaio, concedeu nesta segunda-feira(10), entrevista ao programa de rádio Panorama 91 FM, apresentado pelo apresentador Beto Marques. Na oportunidade o diretor falou que os fatos conduzidos sobre o HGI não passa de politicagem. “Tivemos dois fatos recentemente que vieram a público pela imprensa local de suposta negligencia médica. O caso da gestante que deu a luz em pé na unidade, e a grávida que precisou ser transferida para Jequié e veio a óbito. Afirmo que a unidade já está tomando todas as providências para apuração dos fatos.Uma sindicância deverá ser instaurada visando ao esclarecimento devido para que as providências sejam tomadas”, contou o diretor.  Ainda de acordo com João o Hospital Geral de Ipiaú está em falta de anestesista (Médico que tem a especialidade médica que estuda e proporciona ausência ou alívio da dor e outras sensações ao paciente que necessita realizar procedimentos médicos, como cirurgias ou exames diagnósticos, identificando e tratando eventuais alterações das funções vitais.). “Estamos trabalhando somente com um anestesista, antes a unidade contava com três profissionais. Está faltando médicos com essa especialidade em toda região”, contou. João ainda destacou que o Governo do Estado investiu mais de R$ 500 mil  reais no HGI, foram contratados dezenove técnicos de enfermagem e nove enfermeiros. “Nossa unidade está pronta para atender a população, e caso algum usuário do HGI seja mal atendido que procure urgentemente a direção, que iremos apurar cada situação. Caso haja erro da unidade os responsáveis deverão ser punidos imediatamente”, destacou.

Ana Claudia , Presidente da Comissão da SindiCância do HGI

Sobre o caso da criança com suspeita de leucemia que precisou de uma ambulância (Relembre), o diretor contou que o HGI realiza ultrassonografias  na própria unidade, sendo assim foi feito o exame no HGI sem precisa-lo ser transferido, para uma unidade hospitalar particular. “A tia do garoto com quadro de leucemia estava muito nervosa, entendemos o lado dela! o que faltou foi comunicação entre o hospital e ela”, contou. O diretor também comentou sobre o homem que foi morto  após ser picado por um réptil rastejante , cobra: “Jararaca-boca-de-sapo”(Relembre). “O hospital aplicou o soro antiofídico, como na unidade não contia a dosagem necessária ,transferimos  em uma UTI móvel para o Hospital de base na cidade de Itabuna. Infelizmente por o trabalhador rural não ter ido logo para o hospital o quadro dele se agravou e vindo a óbito na unidade na cidade de Itabuna. Interrogada pelo apresentador “Beto Marques” sobre a indicação de ser diretor do HGI, o diretor respondeu que o cargo foi indicado pela primeira dama do estado Aline Peixoto. “Ela me convidou para administrar o HGI e eu aceitei, eu gosto muito de atuar na área de saúde, ajudando pessoas. Sou capacitado para exercer esse cargo tenho oito anos de formado em enfermagem, trabalhei cinco anos no Prado Valadares na cidade de Jequié, na UTI e três anos no pronto socorro. Ipiaú precisa melhorar muito na saúde, reconhecemos essa carência, por isso estamos trabalhando.

Resultado de imagem para hgi ipiau

Diretor afirma que HGI vai ter melhorias.

O HGI vai passar por grandes melhorias, não estou autorizado a falar no momento, mais em breve estarei aqui novamente para contar a população de Ipiaú e região”, finalizou. Em suas palavras finais o diretor agradeceu pela oportunidade de esclarecer os fatos, e disse que vai continuar trabalhando para que o HGI possa  melhorar cada vez mais, e deixar de transferir pacientes para outras unidades na região. Na oportunidade também concedeu entrevista a enfermeira Ana Claudia Brandão, que atualmente é Presidente da Comissão da Sindicância do hospital Geral de Ipiaú. “Todos os fatos que acontece no hospital, é solicitado pelo diretor vão ser apurados encaminhamos para procuradoria geral do estado. E se houve alguma negligência dos profissionais do HGI, eles serão punidos. As denúncias do HGI que vieram a público, da forma que foi divulgada na imprensa denigriu a equipe de enfermagem do hospital. E reafirmando as palavras do diretor, quem for mal atendido no HGI, ou qualquer outro assunto que não lhe agradou, procurar a direção do Hospital, pois caso seja comprovado algo, o profissional da unidade vai ser punido. No Hospital temos 19 coordenadores de vigilância a limpeza, então basta procurar a direção”, concluiu. (Panorama Ipiaú)

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *