Prefeito Gilson Fonseca rebate acusações de vereador 

Prefeito de Itagibá Dr. GilsonFonseca esclarecer acusações feitas por vereador. Foto: Panorama Ipiaú

Nesta sexta feira (28), o radialista Beto Marques entrevistou o prefeito da cidade de Itagibá, o senhor Gilson Manoel Fonseca (DEM) no programa Panorama 91 fm , visando esclarecer acusações feitas por vereador (Ver a matéria). Também estiveram presentes Ana Cláudia Fonseca, secretária de saúde, Carolina Fonseca, secretária de assistência social, além de sua assessoria de imprensa.  Com a palavra, ele falou sobre a situação em que encontrou a prefeitura após assumir a gestão “eu peguei uma casa desarrumada, desmanchada e estou tentando reconstruir”, afirmou.

O gestor de Itagibá, na oportunidade, desmente afirmações feitas pelo vereador Saulo, a de que o município tinha na saúde cerca de quase 1 milhão e meio em caixa e não estava utilizando esse dinheiro. O prefeito esclarece “ele falou o valor que arrecadou e não falou com o que se gastou. É muito fácil dizer que o município tem dinheiro, mas é preciso falar aonde se gastou. Porque ele não procurou saber aonde gastou?” e acrescenta “foram gastos dinheiro com diária de motorista, manutenção de veículo, folha de pagamento, combustível, água e luz e outras despesas.” O prefeito disse que foi uma tentativa de iludir as pessoas, mostrando apenas o que se arrecadou durante esses quatro meses de mandato, sem informar aonde se gastou.

Gilson também fez acusações sobre a administração passada, segundo ele, nomes de profissionais da saúde constavam na folha de pagamento, entretanto, essas pessoas não estavam trabalhando na prefeitura desde 2013. Disse também que uma médica cubana chamada Imildes estava alocada para prestar atendimento no Posto de saúde de Acarací, no entanto “essa médica nunca foi em Acarací, nunca atendeu um paciente em Acarací, mas era paga”, comentou. Além disso, outras irregularidades como, o gasto de 59 mil reais com verba da saúde em pneus que sequer foram encontrados, jardinagens de ruas pagas com o dinheiro da saúde. São denúncias sérias que estão sendo auditadas “na audiência pública, Itagibá vai tremer” afirmou.

Secretária de Saúde Ana Claudia Fonseca. Foto: Panorama Ipiaú

A secretária de Saúde Ana Cláudia Fonseca, sobrinha do prefeito, explicou que a sua participação na administração da atual gestão se deu por competência, pela formação, trabalho e esforço e não, pela relação de parentesco que tem com o prefeito. “sou uma enfermeira de nível superior capacitada”, disse. Ela também fez menção a sua participação durante os oito anos do mandato de Gilson, afirmando que foi desenvolvido um trabalho sério e com muita responsabilidade com a saúde publica.

Respondendo as reclamações dos ouvintes sobre a situação precária que o munícipio está passando, principalmente na área da saúde, o prefeito relatou que primeiro está resolvendo as pendências deixadas pela gestão passada, que não foram poucas. Mas que já realizou muitas ações positivas tais como: Limpeza das fossas, patrolagens de estradas, desobstruções das valetas, controle do lixão, funcionamento dos transportes, merenda escolar de boa qualidade, conserto dos veículos, cadastramento dos beneficiários nos programas sociais, passe livre para os deficientes, caravanas de lazer entre outras realizações. Sobre os postos de saúdes dos distritos, ele esclareceu que apenas a unidade de saúde de Acarací se encontra fechada, mas que toda demanda está sendo encaminhada para a sede.  O PSF de Japumerim está em pleno funcionamento e o de Itapirají está funcionando parcialmente, pois a equipe ainda está sendo montada. (Fábio Pereira/ Panorama Ipiaú)

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *