Bomba: Dono da JBS grava Temer dando aval para compra de silêncio de Cunha

O presidente Michel Temer teve uma conversa gravada na qual ele incentiva a realização de pagamentos a Eduardo Cunha para comprar o silêncio do ex-parlamentar. De acordo com informações divulgadas pelo jornal O Globo, o diálogo foi gravado pelo dono da JBS. Joesly Batista, dono da empresa, teria entregado uma mala com R$ 500 mil ao deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) para resolver um assunto da J&F, holding que controla a JBS. Em uma reunião com Temer, o empresário comentou que estava entregando o montante a Eduardo Cunha e ao operador Lúcio Funaro, como uma mesada na prisão para eles ficarem calados. Ao ouvir a informação, Temer incentivou o pagamento: “Tem que manter isso, viu?”.

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *