Crime passional: está foragido o casal que matou um homem a pedradas no bairro Curral Novo

Crime passional: está foragido o casal que matou um homem a pedradas no bairro Curral Novo

O corpo da vítima foi coberto com terra e matos

A Polícia Civil já sabe quem matou Jaildo Souza Soares, morto a pauladas no bairro Curral Novo, no dia 5 de março de 2017, em Jequié. Os delegados Cristiano Mangueira e Isaías Neto, concluíram que se trata de um crime passional, movido por ciúmes em um triangulo amoroso. As investigações apontam que Thamires Damasceno Silva e Adílio Tomas Souza. Segundo as investigações, Adílio mantinha relacionamento amoroso com Thamires, que era companheira de Jaildo Souza Soares e participou do homicídio. A autoridade policial representou pela prisão dos suspeitos, tendo sido deferida a medida e expedidos mandados de prisão pela vara do júri de Jequié. Os suspeitos citados, Thamires e Adílio, estão foragidos. A POLÍCIA CIVIL pede a ajuda da população para localização e prisão dos autores, pedindo que seja feita denúncias sobre a localização dos mesmos disponibilizando o telefone wathsapp 9 8820-1009 para receber as denúncias, garantindo o sigilo das informações.

O Caso

Jaildo Souza Soares, de 31 anos de idade, vulgo barragem foi encontrado morto e o corpo encoberto com capim. O corpo foi encontrado no domingo (05), nas imediações do Mutirão do bairro Curral Novo. Segundo a Polícia, Jaildo Soares foi morto com requintes de crueldade, antes de morrer ele foi torturado, teve 4 dedos da mão direita decepados depois teve o crânio esmagado com uma pedrada. A vítima já tinha passagens pela polícia por envolvimento no mundo do crime.

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *