Estado Islâmico reivindica autoria de atentado suicida em Manchester

Atentado ocorreu na noite desta segunda-feira (Foto: Variety)

A autoria do atentado suicida ocorrido na noite desta segunda-feira (22), em Manchester, na Inglaterra, já foi reivindicada pelo Estado Islâmico (EI). O ataque, considerado o mais violento no Reino Unido desde os que atingiram os transportes públicos, em 2005, deixou 22 mortos e 59 feridos, dentre crianças e adolescentes, logo após o show da cantora americana Ariana Grande. Na manhã desta terça-feira (23), a primeira-ministra Theresa May afirmou que a polícia britânica acredita ter identificado o homem-bomba. Membros do EI comemoraram a ação nas redes sociais, alguns até incentivando ataques semelhantes em outros lugares. Segundo informações de O Globo, algumas das mensagens apontaram o ataque como um ato de vingança, em resposta aos ataques aéreos no Iraque e na Síria. “Parece que bombas da força aérea britânica sobre crianças em Mosul e Raqqa acabaram de voltar para #Manchester”, escreveu o usuário Abdul Haqq no Twitter. O texto faz referência às cidades iraquianas e sírias que estão sob controle da coalizão liderada pelos Estados Unidos. O Reino Unido integra o grupo. (Bahia Notícias)

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *