Ipiaú: Câmara poderá declar ACENE utilidade publica municipal

ACENE poderá tornar-se “Utilidade Pública” de Ipiaú

Mais uma entidade atuante em Ipiaú poderá ser declarada como de “Utilidade Publica Municipal”. Desta vez a proposta é direcionada para a Associação Cultural Euclides Neto(ACENE) que tem em sua presidência o cineasta Edson Bastos e está na linha de frente da campanha pela reativação do Cine Teatro Éden. O proponente é o vereador Erivaldo Oliveira Santos, mais conhecido como “Pery”, membro do Partido Progressista-PP- e 2º Secretário da Mesa Diretora da Câmara. O Projeto de Lei nº 009/2017, da autoria de Pery, que considera a ACENE como “Utilidade Publica do Município de Ipiaú”, já foi apresentado ao plenário e deverá tramitar com sucesso até a sua votação final. Pery lembra que o titulo oferecerá condições efetivas para que a instituição continue promovendo ações culturais e busque recursos nas esferas estaduais e federais, obtendo mais autonomia e maior visibilidade para conquistar apoio.“A história da Associação Cultural Euclides Neto será diferente a partir de 2017”, adianta o parlamentar.
SEM FINS LUCRATIVOS
Fundada no dia 15 de janeiro de 2005, a ACENE é uma entidade sem fins lucrativos  que vem prestando importantes serviços para o desenvolvimento e social de Ipiaú  e carrega consigo o ilustre nome do advogado,escritor e ex-prefeito Euclides Neto. A entidade já realizou inúmeras ações musicais, exposições de artes visuais, exibições de filmes, performances, danças, peças teatrais, conferencias e muitas outras atividades que reuniram mais de cinco mil pessoas nas dez edições consecutivas do Projeto Machombongo. Agora está na vanguarda da luta pela reativação do Cine Teatro Éden.
 
DIRETORIA
A atual diretoria da ACENE se encontra assim constituída: Edson José Bastos de Oliveira Júnior (Presidente), Erlândia Souza Santos (Vice-Presidente), Rodrigo Hohlenwerger de Souza (1o Tesoureiro), Edmilson dos Santos Matos (2o Tesoureiro), Melissa Vieira Fonseca (1o Secretária), Joel Vieira Andrade Neto (2o Secretário).  “O caráter cultural do grupo beneficia muitas pessoas. Cabe a nós condecorar este trabalho, para que com as vantagens legais possa usufruir de todos os seus direitos ajudando o próximo e elevando a cultura ipiaúense”, destacou Pery ao comentar a importância do Projeto de Lei da sua autoria. ( José Américo Castro/ASCOM-Câmara de Ipiaú).

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *