Parlamentares fazem balanço negativo do primeiro ano do governo Temer

De vice ‘decorativo’ como escreveu em uma carta a presidente Dilma Rousseff, a dono da caneta, Michel Temer completa um ano no comando do Brasil na sexta-feira (12). O balanço de seus opositores no Congresso Nacional não é dos melhores. Na verdade, não há o que comemorar, segundo a senadora Lídice da Mata (PSB) e o deputado federal Jorge Solla (PT). “O balanço é mais do que negativo. Um país que tem uma crise econômica agravada. O crescimento da economia que se vendeu foi frustrado. E a crise política continua incendiando o país. O que dizíamos há um ano que o impeachment levaria ao agravamento da crise econômica e politica se confirmou”, disse Lídice. Na mesma linha segue o deputado federal Jorge Solla, que vê no saque das contas inativas do FGTS um ‘ponto da curva’ diante de um quadro negativo na gestão Temer. “É uma tragédia para o país, que tem perdido as politicas públicas consolidadas como a farmácia popular do Brasil, o Ciência sem Fronteira, o congelamento por 20 anos das politica sociais, acabando com os direitos trabalhistas, fazendo com que a força do trabalho aqui seja mais barata do que nos países da américa do sul”, elenca Solla. O deputado denuncia, ainda, a compra com dispensa de licitação de medicamentos que são produzidos no Ministério da Saúde e que tem quantidade estocada para até cinco meses. ““O Ministério da Saúde não consegue explicar como esta gastando dinheiro para importar remédios que tem em estoque”.

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *