PGR vê indícios de três crimes cometidos em inquérito contra Michel Temer

PGR vê indícios de três crimes cometidos em inquérito contra Michel Temer

Foto: Beto Barata / PR

A Porcuradoria-Geral da República (PGR) vê indícios da existência de três crimes no pedido de abertura de inquérito feito ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra o presidente Michel Temer, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e o deputado federal Rodrigo Loures (PMDB-PR): obstrução de Justiça, corrupção passiva e organização criminosa. O pedido de Rodrigo Janot foi acatado pelo ministro Edson Fachin, do STF (veja mais). “Importante registrar que um dos delitos em tese cometidos é o de corrupção passiva, o qual, como é sabido, pressupõe justamente o exercício de cargo, emprego ou função pública por parte do agente”, relatou Janot no pedido de abertura de inquérito. A investigação foi motivada pela delação premiada de um dos donos da JBS, Joesley Batista. Entre outras acusações, ele afirmou que Temer comprou o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha.

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *