Gilmar Mendes concede habeas corpus para soltar empresário Jacob Barata Filho

Gilmar Mendes concede habeas corpus para soltar empresário Jacob Barata Filho

Foto: Reprodução/ Rede Globo

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu habeas corpus para soltura do empresário Jacob Barata Filho, preso no começo de julho. O empresário é apontado como integrante do esquema de pagamento de propina do setor de transportes no Rio de Janeiro. O ministro substituiu a prisão por medidas alternativas e determinou que Jacob permaneça em casa, à noite e durante os fins de semana, não mantenha contato com outros investigados, não deixe o Brasil e se apresente periodicamente à Justiça. O empresário também não poderá assumir cargos em entidades ligadas ao transporte de passageiros, ramo no qual atua. Jacob Barata Filho é investigado pelo Ministério Público Federal (MPF) e pela Polícia Federal. A força-tarefa encontrou indícios de que ele pagou milhões de reais em propina para políticos do Rio. Ele é filho de Jacob Barata, que atua no ramo dos transportes de ônibus no Rio de Janeiro há várias décadas. O pai do empresário é conhecido como “Rei do Ônibus” e é fundador do Grupo Guanabara, do qual Jacob Barata Filho também é um dos gestores. Em outra decisão, Gilmar Mendes mandou soltar Lélis Teixeira, que era presidente das Fetranspor até ser preso em julho. Mas pouco tempo depois, o juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, expediu um novo mandado de prisão contra Lélis Teixeira.

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *