Ex-prefeito fica inelegível por demitir funcionárias por negarem apoio político

O ex-prefeito de Encruzilhada, no sudoeste baiano, Alcides Pereira Ferraz (PT) foi punido pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) e ficará inelegível por oito anos. Ferraz foi ajuizado pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) após demitir duas funcionárias terceirizadas da prefeitura local pelo fato de elas não terem dado apoio político ao ex-gestor na última eleição. Apesar de Alcides Ferraz não ter concorrido nas eleições 2016, apoiou um candidato que perdeu no pleito. A decisão da juíza eleitoral Adiane Jaqueline Neves da Silva Oliveira também inclui multa de R$ 21,2 mil ao ex-gestor em resultado da conduta dele. A decisão que pune o ex-prefeito foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico (DJE) do TRE-BA, nesta segunda-feira (27). (Bahia Notícias)

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *