Daily Archives: 12/12/2017

Prefeitura de Itagibá faz decoração natalina nas praças da cidade

As noites em Itagibá ficaram mais agradáveis e iluminadas com a decoração natalina nas praças da cidade. Apesar da situação financeira dos municípios não está favorável. Foi do gestor o interesse de não passar em branco essa data tão simbólica para todos. O prefeito Gilson Fonseca agradece o empenho e colaboração de toda equipe organizadora. A ornamentação foi realizada pela Prefeitura de Itagibá através da Secretaria de Educação e cultura e pela Secretaria de Infraestrutura.

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Prefeitura de Ibirataia antecipa a 2ª parcela do 13º salário

A Prefeitura de Ibirataia através da Secretaria de Finanças vai garantir a injeção de R$ 600.000,00 na economia do Município agora na primeira quinzena de dezembro com o pagamento da 2ª parcela do 13º na sexta-feira (15). “Desde o início da Gestão que temos como prioridade nossa garantir os direitos do servidor, começando pelo pagamento rigorosamente em dia. Nesse caso, sempre adiantamos como forma de valorizar o servidor, deixá-los tranquilos na hora de planejar seus pagamentos e também de movimentar a economia local, essa será uma das marcas do nosso governo”,  comentou a prefeita Ana Cléia.
WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Barra do Rocha: Prefeito assina convênio para pavimentação de ruas no Bairro Aloísio Galvão

Rui Costa, Professor Léo e a deputada Fabíola Mansur.

Durante a cerimônia realizada na sede da União dos Municípios da Bahia (UPB), em Salvador, na tarde desta segunda-feira (27/11), o prefeito de Barra do Rocha, Luís Sergio, popularmente conhecido com professor Léo, assinou o convênio com o Governo do Estado para pavimentação de 07 (sete) ruas no Bairro Aloísio Galvão, são elas: 1ª e 2ª travessa Olivia de Paula, Rua Olivia de Paula, Rua Maria Oliveira, Rua D. Pedro, Rua da Soledade e Rua G (fundo do Estádio Municipal).  “O trabalho por nossa cidade não para. Seguiremos lutando para trazer mais serviços e fazer nosso povo cada vez mais feliz. Esta é uma conquista histórica para nossa população que tanto sofreu com a falta de calçamento naquela localidade,” destacou o gestor. O prefeito ainda agradeceu ao governador Rui Costa e a deputada estadual Fabíola Mansur por proporcionar tamanha felicidade ao povo de Barra do Rocha. A intenção do Governo é que o recurso seja liberado ainda esse ano para que as obras sejam iniciadas o mais breve possível, atendendo a um anseio de décadas da comunidade local. A obra está orçada em mais de R$ 600 mil reais. *Informações do blog BR News
WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Baianos acreditam que Previdência terá votação adiada, apesar de otimismo de aliados

Baianos acreditam que Previdência terá votação adiada, apesar de otimismo de aliados

Foto: Reprodução/ Gazeta do Povo

Em meio à expectativa de votação da reforma da Previdência na semana no dia 18, última antes do recesso parlamentar, deputados baianos federais baianos discordam sobre a possibilidade de aprovação da pauta. “O governo sabe que não tem os votos. Eles sabem que não conseguem chegar a 50% do necessário. É necessário cortar os privilégios e não só direitos”, declarou o deputado João Gualberto (PSDB). Para ele, o governo está utilizando a reforma como “cortina de fumaça” (leia mais), com objetivo de desviar a atenção das polêmicas e casos de corrupção envolvendo o presidente Michel Temer (PMDB) e seus coligados. Se houver a votação na próxima semana, Gualberto acredita que o PSDB não deve entrar em acordo em relação aos votos. “O PSDB nunca fecha questão, não acredito que vai ser agora. Tivemos reunião na semana passada, a bancada foi unânime em não fechar questão. Mesmo aqueles que são favoráveis à reforma”. Discordando do argumento de que a reforma altera a situação do trabalhador rural e de pequeno porte, o deputado federal José Carlos Aleluia (DEM) declarou ao Bahia Notícias que a pauta é essencial, já que “acaba com o sistema de que o mais pobre paga aposentadoria para os mais ricos”. Para ele, o governo está trabalhando para que o Brasil volte a crescer e não tenha problemas para pagar a aposentadoria. “Não estou votando por imposição, mas por convicção. Voto pelos que represento, que estão em busca de trabalho, em busca de investimentos na saúde, na educação”, ressaltou. Parte da bancada aliada, o DEM colocará a apreciação do texto à vontade de cada deputado, informou Aleluia. Quando questionado se há prejuízo no caso da votação ocorrer nos próximos dias ou no início de 2018, o deputado disse que “não faz diferença” e que a base aliada trabalha para conseguir os 308 votos necessários para aprovação do texto. Deputado federal de oposição, Daniel Almeida (PCdoB) concorda que não fará diferença, já que, segundo ele, nem na semana do dia 18 nem no início do ano que vem a pauta será aprovada. “Quanto mais perto da eleição, mais pressão sobre os deputados. Minha expetativa é que a reforma não seja votada, acho que o governo não possui votos para aprovar e acredito que eles estão percebendo essa inconveniência”, falou Almeida. Segundo ele, o maior problema da reforma é partir de uma “premissa falsa”, que ataca os direitos dos trabalhadores, beneficia banqueiros e não tira privilégios. Para Almeida, o governo tem demonstrado nas últimas semanas ter entre 260 e 280 votos, número insuficiente e abaixo dos 308 necessários para aprovação da reforma. A previsão é compartilhada com Afonso Florence (PT), que acha que se o Temer tivesse votos suficientes para aprovar a pauta, não ficaria apenas anunciando. “Eles simplesmente colocariam para votar. Desde o meio do ano estão adiando, semana passada não possuíam 280 votos”. A posição do PT, segundo Florence, é “a mesma de sempre”. “Dilma cogitou a fazer algo similar e nós nos opusemos. A diferença entre votar agora ou no próximo ano é que o governo adia a derrota para o ano que vem, já que quanto mais perto da eleição mais difícil”, disse Florence.

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Coral Doce Vozes desponta como promessa de Ipiaú para a arte da Bahia

Coral Doces Vozes, do Complexo Integrado de Educação de Ipiaú.

A arte ipiauense continua em alta. Nesta crescente revela-se o Coral Doces Vozes, do Complexo Integrado de Educação de Ipiaú (CIEI). O grupo, formado em maio deste ano, envolve alunos com idade entre 16 e 18 anos, sob a coordenação da professora Léa Barreto e a regência do maestro Mesack, ministro de música da Igreja Batista Sete de Setembro. Foi ele quem harmonizou as vozes e definiu os naipes. Ao todo são 16 vozes, sendo 13 coristas e três solistas (Evelly Santos, Marina Lima e Luan Pereira), além dos músicos Arthur Giudice (violão), Ariel Montargil (cajon) e William Rodrigues ( contra- baixo). No elenco dos coristas estão os alunos Allef Santos, Gicelle Santos, Kassiane Santos, Carol Mendes, Ana Luíza Araújo, Lúcia Ferreira, Nérisson Lopes, Andreina Reis, Júlio Igléssias, Duda Passos, Laíza Santos, Débora Nascimento e Afonso Souza. O repertório traz MPB, axé, raízes africanas e forró.

Apresentação durante visita do governador Rui Costa.

Após uma série de ensaios semanais na “Estação do Saber”, o Coral Doces Vozes partiu para as apresentações que surpreenderam plateias e receberam aplausos até do governador Rui Costa e outras autoridades estaduais. A primeira apresentação foi no próprio CIEI, durante a 17ª edição do “Model’art. Em seguida o coral esteve no Campus 21 da Universidade Estadual da Bahia (UNEB), fazendo parte da programação do “Novembro Negro”. Também marcou presença no “TransformaÊ: Virada Educacional Bahia”, promovida pela Secretaria da Educação do Estado. Na etapa regional do ENCANTE ( Projetos Estruturantes da SEC), realizada em Jequié, o Doces Vozes faturou o primeiro local dentre os corais que ali se apresentaram. Agora se prepara para a fase final da competição, em Salvador.

Léa Barreto e a solista Marina Lima.

Ainda neste mês de dezembro o coral ipiauense voltará a Jequié para uma apresentação especial na inauguração local do projeto “Escolas Culturais”. Foi durante a inauguração do mesmo projeto, em Ipiaú, que o governador Rui Costa, aplaudiu com entusiasmo a apresentação do coral do CIEI. Outras autoridades governamentais, a exemplo do secretário Walter Pinheiro, da Educação, repetiram o gesto e reconheceram que no Município Modelo a cultura faz a diferença. É importante ressaltar a colaboração que a cantora Delma Pereira e o musico Rogério Barbosa, assim como o maestro Mesak estão dando voluntariamente ao Doces Vozes. “A eles nossa gratidão”, ressaltou a coordenadora Léa Barreto. (José Américo Castro).

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

1º Passeio Ciclístico “Natal Sem Fome” acontece neste domingo em Ipiaú

No dia 17 de dezembro acontece em Ipiaú o 1º Passeio Ciclístico Natal Sem Fome. A concentração está marcada para às 08h em frente ao Budegão Supermercado. A inscrição é um quilo de alimento não perecível e pode ser feita na ZVR Uniformes. Os 100 primeiros inscritos ganharão camisa comemorativa do Passeio. No final do evento serão sorteados vários brindes para os participantes. Todo alimento arrecadado, o Supermercado o Budegão dobrará a quantidade e será distribuído para famílias carentes. O Passeio Ciclístico é organizado pelo Ipiaú Bike Clube e conta com o patrocínio do Budegão, também apoiam o projeto, a Doce Mel e a ZVR Uniformes. Participe!

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Bahia: Mulher morre após receber descarga elétrica enquanto estendia roupa em varal

Mulher foi levada para DPT de Conquista (Foto: Anderson Oliveira/Blog do Anderson)

Uma mulher morreu após sofrer descarga elétrica enquanto estendia roupa, na cidade de Belo Campo, na tarde de domingo (10). De acordo com a Polícia Militar, a vítima pendurava as roupas quando o varal rompeu e tocou na fiação da bomba d’água. Ivete Ferraz, que não teve idade divulgada, morreu ainda no local. Segundo a PM, chovia no momento do incidente e a vítima estava com o corpo molhado. Uma criança que estava na residência também recebeu o choque elétrico, mas com menor intensidade. A PM não informou, no entanto, quantos anos ela tinha, para onde foi socorrida, nem se tinha parentesco com a vítima. Não há detalhes sobre o estado de saúde da criança. O corpo da mulher foi levado para Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Vitória da Conquista. Não há informações sobre sepultamento. *Informações do G1

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint