Com Lula à frente das pesquisas, Alckmin é peso para eleições na Bahia

Com Lula à frente das pesquisas, Alckmin é peso para eleições na Bahia

Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

A onda vermelha do PT tem uma força na Bahia e isso é inegável. Basta observar os dados relacionados a avaliações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O operário que virou presidente é uma figura forte no imaginário dos baianos, principalmente do interior, onde é considerado uma referência na luta para diminuir a desigualdade social. No levantamento da última semana, realizado pelo Instituto Paraná Pesquisas, Lula aparece com 48,9% das intenções de voto na Bahia, muito à frente do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, provável aposta do PSDB para as eleições de 2018. PT e PSDB polarizam as eleições para o Palácio do Planalto desde 1994. São dois extremos: enquanto Lula é um nome forte, com potencial para transferir votos, Alckmin é um nome a ser construído. É uma das situações que o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), deve ponderar antes de deixar ou não o Palácio Thomé de Souza para ser candidato ao governo no próximo ano. Lula, ainda que seja impedido de ser candidato, é um puxador de votos nato, o que facilitaria a vida para a reeleição do governador Rui Costa. Mesmo que o PT venha a ter um desempenho decrescente no comparativo com outras eleições, tanto Lula quanto Rui não aparentam seguir o mesmo caminho. Lula segue estável nas pesquisas de opinião na Bahia e Rui cresceu entre os dois últimos levantamentos disponíveis. Já Alckmin, até então candidato mais facilmente associado à candidatura de ACM Neto, possui desempenho bem abaixo do recomendado para um candidato à presidência da República. Se do lado de Rui Lula conseguiria transferir capital político para o candidato, do lado de ACM Neto ele que teria a necessidade de tornar a candidatura do governador de São Paulo competitiva, tornando-o mais um peso do que um reforço num processo eleitoral que promete ser desgastante. Entre as nuances das eleições de 2018 para a Bahia, o fator nacional não é algo a ser descartado. E na disputa entre Lula e Alckmin, Rui sai com vantagem na corrida com ACM Neto. Este texto integra o comentário desta segunda-feira (4) para a RBN Digital, veiculado às 7h e às 14h, e para as rádios Irecê Líder FM e Clube FM.

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *