Monthly Archives: Fevereiro 2018

Neymar passará por cirurgia e só volta ao futebol em maio, um mês antes da Copa do Mundo

Neymar torceu o tornozelo em disputa de bola. Foto: Stephane Mahe

Neymar passará por cirurgia para colocar um pino na fissura no quinto metatarso do pé direito e deve voltar aos gramados apenas em maio, um mês antes da Copa do Mundo, segundo informações do portal Globo.com. A lesão foi sofrida na vitória do PSG sobre o Olympique de Marselha, pelo Campeonato Francês, no último domingo. Na ocasião, o brasileiro pisou de mau jeito, caiu no gramado acusando muitas dores e precisou ser substituído, chorando muito. Ele saiu de maca. Na manhã de segunda, Neymar chegou a postar foto de seu tornozelo imobilizado nas redes sociais, com a legenda: ”Terminou por hoje”. Os primeiros exames que o jogador realizou no Hospital Americano, em Neuilly sur Seine, não mostraram qualquer fratura no local. Desta forma, passando pela cirurgia, o jogador mais caro da história do futebol precisará de dois meses de recuperação da lesão e voltará a atuar apenas nas últimas três rodadas do Campeonato Francês. Ele também estará disponível para as semifinais da Liga dos Campeões, caso o Paris Saint-Germain avance na competição. Neymar também se torna problema para a seleção brasileira, que fará amistosos contra Alemanha e Rússia, nos dias 23 e 27 de março, respectivamente. O técnico Tite realizará a convocação para estes confrontos na sexta-feira.

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Após ter carro apreendido, Igor Kannário paga mais de R$ 9 mil para quitar dívidas do veículo

Kannário paga o licenciamento do carro. Foto: Bahia.ba

Depois de ter o carro apreendido em uma blitz no último domingo (25), no bairro do Comércio, em Salvador o cantor e vereador Igor Kannário resgatou o veículo nesta terça-feira (27). De acordo com o portal Noticiário Baiano, ele teria pagado mais de R$ 9 mil para quitar o as pendências do item. Mesmo não possuindo habilitação, ele teve que pagar o valor relativo às multas, IPVA, DPVAT e licenciamento do carro. O cantor teria postado foto e vídeo no Instagram, mas logo excluiu.

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Operação em SE prende quadrilha de roubo de pneus que atuava na Bahia

Sete pessoas são presas em operação da PF e PRF em Itabaiana (Foto: PRF/SE)

Sete pessoas foram presas na manhã desta terça-feira (27) em uma operação realizada pela Polícia Federal da Bahia e apoiada pela Polícia Rodoviária Federal de Sergipe no município de Itabaiana. A ação faz parte da operação ‘Estrada Livre’, que tem o objetivo de desarticular uma quadrilha especializada no roubo de pneus de veículos de carga. De Acordo com a PRF/SE, a operação está acontecendo em três estados do país. Segundo a PRF/SE, os assaltantes aguardavam a parada de veículos de carga em postos de combustíveis, quando anunciavam o assalto e levavam o caminhão até um local deserto, onde retiravam todos os pneus. Os assaltos aconteciam nas rodovias federais dos estados da Bahia e Minas Gerais. Estima-se que o prejuízo causado pela quadrilha chegava a R$ 70 mil com a retirada dos pneus roubados. Em Sergipe, já foram cumpridos dois mandados de prisão no município de Itabaiana. Além deles, outros cinco homens foram presos em flagrante por darem cobertura a uma tentativa de fulga. Também Foram apreendidos um caminhão e uma carreta na BR-235. (Correio)

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Criança morre depois de tocar em poste de metal em Jequié

Criança morre depois de tocar em poste de metal no Km 3

Uma criança morreu depois que tomou um choque em um poste de metal. O fato aconteceu na tarde desta terça feira, na Rua Bolivar Reis, 47 – próximo a Escola Eliel Mendes, na comunidade do Km 3, em Jequié. A criança chegou a ser socorrida para o Hospital Prado Valadares, onde não resistiu e morreu. Informações preliminares apuradas pelo BJM dão conta de que a criança pegou no poste e um caminhoneiro veio socorrer e tomou choque também, mas ele não corre o risco de morte. A perícia vai recolher as provas necessárias e encaminhar o caso para a Delegacia Territorial, que irá ouvir as testemunhas no inquérito policial.

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Barra do Rocha: Homem foi assassinado a tiros no centro da cidade

A tranquilidade da pequena Barra do Rocha foi quebrada na noite dessa terça-feira (27), com o registro de um homicídio por volta das 20h40. Arlécio Santos de Oliveira, de 55 anos, conhecido como “Lelé”, foi surpreendido pelo assassino dentro de sua residência, na Rua Santos Dumont, no centro da cidade. Populares relataram à polícia que ouviram o som de um único disparo de arma de fogo. Ainda conforme os relatos, o criminoso chegou ao local a pé. Arlécio morreu na sala da casa onde morava sozinho. O crime surpreendeu moradores que foram unânimes em afirmar que a vítima era considerada tranquila e não tinha envolvimento com o mundo do crime. O caso será investigado pela Polícia Civil do município.

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Aurelino Leal: Homem surta, fica pelado e invade a residência da prefeita

(Foto: Reprodução/Humberto Hugo)

Após surtar e destruir sua própria residência, na manhã desta terça-feira (27/2), um homem andou pelado pelas ruas de Aurelino Leal e em seguida invadiu a residência da prefeita Liu Andrade (PP), que fica localizada na rua principal da cidade.

O homem ficou por quase 40 minutos na área onde fica a piscina e em seguida foi contido pela polícia Militar e o delegado da cidade, Drº Lane Andrade. O invasor foi identificado como sendo Marlon, ele é morador de Aurelino Leal e casado com uma professora do município.

79641526+46+14

Ninguém ficou ferido. A prefeita disse que não irá prestar queixa na polícia, já que o homem está com problemas psicológicos e poderia invadir a residência de qualquer pessoa. (Redação: Jackson Cristiano/Ubaitaba Urgente)

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Ipiaú: Mesa Diretora da Câmara arquiva projetos apresentados no ano passado

Vereadores Andreia Novaes e Lucas Louzado

Seis Projetos de Lei da autoria dos vereadores Lucas Louzado dos Santos-PSD- e Andreia Novaes de Oliveira – PTdoB – foram arquivados pela Mesa Diretora da Câmara Municipal de Ipiaú. A decisão está fundamentada no artigo 108, parágrafo único, do Regimento Interno da Câmara e foi tomada em decorrência das matérias, apresentadas no ano passado, não terem sido submetidas à votação do plenário. Entretanto consta no regimento que o vereador(a) autor da proposição arquivada poderá requerer o seu desarquivamento e retramitação no ano subseqüente. Sendo assim os parlamentares Lucas Louzado e Andreia Novaes estão no propósito de fazer com que seus projetos voltem à da pauta de trabalhos da Câmara.

São as seguintes proposições de Lucas Louzado que se encontram arquivadas: Projeto de Lei nº 029/2017, que “institui no âmbito do município de Ipiaú o DIA DA CAPOEIRA , a ser comemorado na data de 19 de julho”; Projeto de Lei nº 030/2017 “que assegura a vacinação diferenciada, domiciliar, às pessoas com deficiência motora incapacitante “ e o Projeto de Lei nº 031/2017 que “dispõe sobre a entrada de consumidor, em eventos, portando produtos de outros estabelecimentos ou fornecedores”.

Da vereadora Andreia Novaes de Oliveira foram arquivados os projetos: nº 032/2017 que “dispõe sobre a obrigatoriedade da existência de cadeiras de rodas , rampas e corrimãos, para uso de pessoas portadoras de deficiência física e outras sensibilidades, em todos os estabelecimentos comerciais, escolas e igrejas, com área construída acima de 300 metros quadrados”; PL nº 033/2017 que “dispõe sobre a oferta de cadeiras de rodas e macas nos postos de saúde do município”; PL nº 034/2017 que “determina a fixação de placas informativas , e números de telefones do Conselho Tutelar , Juizado de Menor, Serviços de Emergência, Policia e Disque Saúde, nos estabelecimentos de ensino publico e privado”.

José Américo Castro/ASCOM Câmara de Vereadores de Ipiaú

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Vídeo: Em Ibirataia, presidente e vereador brigam durante sessão da Câmara

camraiobirap

Em mais uma etapa da situação política cada vez mais confusa por que passa o município de Ibirataia, na noite desta segunda feira (26) a sessão ordinária da Câmara Municipal de Vereadores se transformou em palco de polêmica com discussão verbal, que quase descamba para a  violência física, entre o presidente do Legislativo, vereador Marcos Pina e o vereador Ravi Machado.

Enquanto os edis discutiam aos gritos, o povo presente no salão da Câmara provocava os vereadores questionando sobre um projeto polêmico aprovado recentemente que chamou negativamente a atenção na região: ” Cadê o décimo terceiro?” questionavam populares no meio da briga.

Tudo começou quando o vereador Ravi solicitou ao presidente da casa acesso ao relatório financeiro da Câmara Municipal. O vereador Marcos Pina, por sua vez, declarou se sentir “constrangido” com o pedido e partiu para o ataque, chegando ao ponto de se levantar como se fosse partir para a agressão física.

Em meio à desordem, a sessão teve de ser interrompida e encerrada. Confira o vídeo de Rahiana Costa:

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Com investimento de R$ 80 milhões, Rui lança dois editais voltados à agricultura familiar

Com investimento de R$ 80 milhões, Rui lança dois editais voltados à agricultura familiar

O Governo do Estado lançou nesta segunda-feira (26) dois editais do Programa Bahia Produtiva, um voltado para apoiar a formação de alianças produtivas territoriais e o outro para selecionar subprodutos para qualificação de agroindústrias da agricultura familiar. “A cada dez prefeitos que eu recebo, nove me pedem uma indústria em seu município e eu digo que a indústria já existe. Nós temos três milhões de baianos vivendo da agricultura e pensar no desenvolvimento do estado é pensar, obrigatoriamente, no desenvolvimento da agricultura familiar”, disse o governador Rui Costa durante o lançamento. Disponíveis no site da Secretária de Desenvolvimento Rural (SDR), os editais do programa Bahia Produtiva buscam assegurar a inclusão socioprodutiva de agricultores familiares. As inscrições começam no dia 1º de março e o prazo para envio de projetos é de até 60 dias. Serão investidos R$ 60 milhões em 30 projetos do edital Alianças Produtivas Territoriais e R$ 20 milhões em 40 projetos do edital de Qualificação de Agroindústrias da Agricultura Familiar. “São dois editais estratégicos que estão eminentemente ligados ao mercado privado”, afirmou o secretário da SDR, Jerônimo Rodrigues. A expectativa é que os investimentos melhorem o funcionamento das agroindústrias do estado e que ajudem a formar alianças entre cooperativas e associações da agricultura familiar e supermercados, restaurantes, hotéis e outros distribuidores de mercado.

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Segurados do INSS devem comprovar que estão vivos até dia 28

Segurados do INSS devem comprovar que estão vivos até dia 28

Pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que ainda não realizaram a prova de vida devem fazer o procedimento até a próxima quarta-feira (28) para não ter o pagamento interrompido. De acordo com a Agência Brasil, a comprovação pode ser feita diretamente no banco em que o beneficiário recebe o dinheiro, mediante apresentação de documento de identidade com foto. O prazo inicialmente terminaria em 31 de dezembro de 2017, mas devido ao grande número de pessoas que não compareceu, o prazo foi estendido até 28 de fevereiro deste ano. O presidente Michel Temer (MDB), inclusive, foi um dos que não comprovou que está vivo e ficou sem receber durante dois meses a aposentadoria de procurador do Estado de São Paulo (leia aqui). Quase 32 milhões dos mais de 34 milhões de beneficiários do INSS já fizeram a comprovação de vida. Os beneficiários que não puderem ir até as agências bancárias por questões de doença ou dificuldades de locomoção podem fazer a comprovação de vida por meio de um procurador no INSS.

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Pais investigam prisão do filho e juntam provas para contestar versão de policiais

Pais investigam prisão do filho e juntam provas para contestar versão de policiais

Foto: Ana Branco / Extra

Na noite do dia 15 de julho de 2016 o contador José Ricardo Germano Fortuna, de 48 anos recebeu a notícia de que seu filho de 19 anos havia sido baleado e preso. De acordo com o Extra, o jovem havia sido acusado pela polícia de tentar atirar em um policial e de carregar 4kg de maconha. Após o ocorrido, José Ricardo e sua esposa, a pedagoga Luciana da Silva Fortuna, de 43 anos, passaram a tentar entender o que havia, de fato, acontecido naquela noite. Durante três meses os dois percorreram o bairro de Maria da Graça, na Zona Norte do Rio para tentar encontrar imagens de câmeras de segurança em que o suposto crime teria ocorrido e testemunhas que pudessem ter visto o que aconteceu. Os pais coletaram provas por conta própria e o jovem foi solto por decisão judicial em 2016. No dia da prisão, os dois policiais afirmaram em depoimento que teriam abordado o jovem após denúncia anônima de venda de drogas no local onde ele se encontrava. No momento eles disseram para o filho de José “não tentar nada pois já tinha perdido”. No momento, o estudante teria pego um revólver e, para se defender, um dos policiais teriam atirado com fuzil na perna dele. Os agentes afirmaram que ainda encontraram drogas em uma mochila que o menino usava. O pai convenceu um dono de bar que fica próximo ao local onde ocorreu o crime a lhe ceder imagens de segurança. O vídeo mostrou uma cena diferente: o jovem teria corrido dos policiais, sem armas em mãos e sem mochila nas costas. Após assistirem a cena, José Ricardo e Luciana buscaram testemunhas que estavam no local e questionaram o que havia acontecido na noite do dia 15. As testemunhas contaram que o jovem não estava armado, não tentou atirar nos agentes e foi atingido depois que fugiu da abordagem e prestaram depoimento em juízo a favor dele. Apesar disso, o estudante foi condenado pela juíza Marta de Oliveira Marins, da 23ª Vara Criminal, a cinco anos de prisão por tráfico de drogas, levando em consideração apenas o depoimento doas agentes. O jovem de 19 anos está recorrendo em liberdade. “Quando vi o vídeo do bar, ficamos confiantes. A sentença foi um banho de água fria, mas ainda acreditamos que a justiça vai ser feita”, disse José Ricardo. O filho dele contou aos pais que “esperava pela namorada, que voltava do trabalho de metrô, quando foi preso. Ele diz que não estava com a droga e nem armado e que se desesperou quando o policial disse para ele colocar a mão na cabeça porque estava preso”. A assessoria de imprensa da Polícia Civil disse ao Extra que “a ação ocorreu de forma legal e legítima” e que o vídeo obtido pelos pais do jovem, “apenas aparece um elemento correndo, não sendo possível concluir se é ele”.

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Wagner nega ter recebido propina e diz que existe ‘incompreensão’ da PF sobre PPP

Wagner nega ter recebido propina e diz que existe 'incompreensão’ da PF sobre PPP

Foto: Bruno Luiz / Bahia Notícias

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico (SDE), Jaques Wagner negou ter recebido propina no valor de R$ 82 milhões por meio do superfaturamento do contrato de demolição e reconstrução da Arena Fonte Nova (veja mais). Em pronunciamento feito à imprensa na tarde desta segunda-feira (26), ele acusou a Polícia Federal de não compreender o caso e garantiu nunca ter recebido ou solicitado pagamentos indevidos em sua vida pública. “Minhas afirmações sempre foram muito categóricas, inclusive em eventos públicos. Eu não peço nem autorizo ninguém a pedir qualquer tipo de reciprocidade por obras feitas e assim foi na questão da Fonte Nova, que infelizmente a Polícia Federal está comprando uma versão de que houve superfaturamento. Há uma incompreensão da Polícia Federal como houve do TCE do que é uma PPP e o que é uma obra pública. Em PPP não existe a figura do superfaturamento como está se insistindo em falar”, argumentou Wagner. O titular da SDE foi alvo de mandados de busca e apreensão como parte da Operação Cartão Vermelho. Uma equipe da Polícia Federal cumpriu um deles na residência de Wagner, localizado no Corredor da Vitória. “A busca e apreensão, na minha opinião, foi absolutamente desnecessária”, afirmou o secretário. Segundo ele, o inquérito sobre o caso da Fonte Nova teve início em 2013 e ele prestou depoimento no último ano para dar esclarecimentos. Durante a entrevista, Wagner ironizou ainda as apreensões da Polícia Federal, que levou celulares, computadores, mídias, documentos e ainda 15 relógios de luxo ao cumprir os mandados nesta segunda. “A maioria dos relógios são absolutamente simples. Eu gosto de relógios, mas não tem nenhum valor ali de luxo, como foi dito por ela. Acho estrnho que ela afirme isso sem nem ter periciado os relógios”, afirmou.

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Operação na casa de Wagner é ‘perseguição política’, afirma presidente nacional do PT

Operação na casa de Wagner é ‘perseguição política’, afirma presidente nacional do PT

O Partido dos Trabalhadores classificou como perseguição política a Operação Cartão Vermelho (entenda aqui), deflagrada na manhã desta segunda-feira (26), tendo como principal alvo o ex-governador da Bahia e atual secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner. A casa do petista, localizada no condomínio Victory Tower, no Corredor da Vitória, em Salvador, foi alvo de mandado de busca e apreensão (confira aqui). Em nota assinada pela presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, a ação foi chamada de “invasão”. “A invasão da residência do ex-governador Jaques Wagner por agentes da Polícia Federal, na manhã de segunda-feira (26) é mais um episódio da campanha de perseguição contra o Partido dos Trabalhadores e suas principais lideranças”. Ainda segundo a senadora, a operação tem relação com o crescimento das intenções de voto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas pesquisas. “A escalada do arbítrio está diretamente relacionada ao crescimento da pré-candidatura do ex-presidente Lula, nas pesquisas, nas manifestações populares, nas caravanas de Lula pelo Brasil. Quanto mais Lula avança, mais tentam nos atingir com mentiras e operações midiáticas. Nossa solidariedade ao companheiro Jaques Wagner e sua família”, finaliza a nota. Wagner é acusado de receber R$ 82 milhões em propina do consórcio responsável pela construção da Arena Fonte Nova, na capital baiana (leia aqui). Ainda segundo a PF, um laudo pericial atestou superfaturamento na ordem de R$ 450 milhões nas obras do local, sendo que parte desse valor teria sido desviada, em forma de propina, para financiamento de campanha eleitoral.

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Procurador do TJD pede rebaixamento do Vitória do Campeonato Baiano 2018

O procurador Hermes Hilarião Teixeira Neto, da Procuradoria da Justiça Desportiva, ofereceu denúncia, nesta quinta-feira (22), contra os envolvidos na confusão do Ba-Vi do último domingo (18).  No documento, Hermes Hilarião também pede a desclassificação e rebaixamento do Esporte Clube Vitória do Campeonato Baiano por, segundo ele, dar o encerramento de forma intencional à partida. A previsão é que o julgamento aconteça na próxima terça-feira, 27,  às 18h (horário de Brasília).

– Foram denunciados 12 atletas, o Vitória, o técnico Vagner Mancini e o supervisor Mário Silva – disse Hermes Hilarião, em entrevista ao GloboEsporte.com.

O procurador continua que, por decidir pelo encerramento intencional da partida, o Vitória prejudicou equipes como Jequié e o Fluminense de Feira, que disputam classificação para a semifinal da competição.

– Na nossa avaliação, o Vitória, através de seus atletas, do técnico Vágner Mancini e do supervisor Mário Silva, resolveu dar ensejo ao término da partida de forma proposital, intencional. Isso gerou prejuízo desportivo ao Jequié e ao Flu de Feira porque o campeonato está em fase de pontos corridos. Em razão desse prejuízo a terceiros, o Vitória, em razão do art. 205, parágrafo II do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, merece ser desclassificados do Campeonato. O fundamento do rebaixmento, por tudo o que falei, pela conduta antidesportiva, com base no Código Disciplinar da Fifa, que se aplica ao Campeonato Baiano, em razão do seu próprio regulamento, do art. 79, item II, entendemos que merece também ser rebaixado – disse o procurador em entrevista ao GloboEsporte.com.

Na última quarta-feira (21), o Vitória ingressou com um mandado de segurança junto ao TJD-BA para tentar manter o placar do Ba-Vi empatado em 1 a 1. Com a divulgação da súmula do jogo, a FBF determinou que o Tricolor havia vencido o Ba-Vi por W.O., o que garantiu o placar de 3 a 0 para tricolor.

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Operação apreende drogas, armas e dois líderes de facções no Presídio de Jequié

Operação apreende drogas, armas e dois líderes de facções no Presídio de Jequié

A Polícia desencadeou a Operação de revista de celas no Conjunto Penal de Jequié, a pedido da Policia Civil da BA, através do Delegado André Aragão, Coordenador da 6° COORPIN da cidade de Itabuna. Um dos investigado é o preso Charles Lopes Teles Andrade, vulgo charlinho, integrante da facção criminosa Raio A de Itabuna. O Coordenador Regional da 9° COORPIN, Fabiano Aurich, determinou a revista na sela do preso, Sandro Santos Queiroz, vulgo real, líder da facção RR DOIDEIRA, o qual foi escoltado para a COORPIN a fim de ser ouvido por está portando documento oficial e sigiloso da justiça estadual (Sobre uma operação ocorrida final do ano passado). A operação contou com o efetivo de 20 Policiais Militares do 19° BPM/CETO, sob o comando do TEN PM Ramon, Auxiliado pelo Ten PM Muniz, 13 agentes do GEOP,04 Policiais Civis sob o comando do DPC Moabe Lima, 04 Agentes da COORDIP, além do Diretor da Unidade Prisional de Jequié, CAP PM Henrique, o Coordenador de Segurança, os Coordenadores de Vigilância, 03 agentes penitenciários do CPJ. Todos os materiais ilícitos foram apresentados na delegacia de Polícia Civil.

Ao todo, foram apreendidos:

19 – Aparelhos celulares;
16 – carregadores de celular;
08 – fones de ouvido;
12 – cabos USB;
01 – cartão de memória;
02 – carregadores portáteis;
01 – cabo P2;
01 – pendrive;
01 – balança de precisão;
05 – cachimbos;
42,4g de cannabis sativa;
91g de cocaína em pó;
15,6g de cocaína em pedra;
03 – cadernos de Anotação;
01 – facão artesanal;
01 – bateria de celular.

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Liberação da maconha ‘quebrava’ 80% das quadrilhas baianas, diz Barbosa

As comparações com a Bahia após a intervenção militar na segurança pública no Rio de Janeiro são descartadas pelo secretário de Segurança Pública do Estado (SSP-BA), Maurício Barbosa. De acordo com o titular da pasta, a dinâmica de funcionamento das facções criminosas é diferente entre os dois estados. “O que é que nós queremos do governo federal: que consiga evitar que essa quantidade de droga e armas cheguem às nossas facções. O mapa do tráfico do Brasil está muito bem delineado. Se diz: ‘Ah, as facções criminosas vão sair do Rio de Janeiro por conta do Exército’. Mentira absurda e deslavada de gente que não sabe do que está falando. No Brasil nós temos duas grandes especialidades: futebol e segurança pública. Todo mundo sabe um pouco de futebol e de segurança, todo mundo é especialista, todo mundo é entendedor”, critica Barbosa em entrevista ao Bahia Notícias, afastando a ideia de uma migração do crime para a Bahia. Entre os dois estados, uma diferença apontada pelo secretário é a fragmentação das facções baianas, sobretudo do tráfico de drogas. “Nós temos dois grandes distribuidores de droga no país, que são de criação de outros estados, que não são dos nossos. E são essas facções que distribuem drogas para todas as facções do Brasil. O problema do tráfico de drogas na Bahia é a pulverização das ditas facções. Eu não consigo mais chamar de facção, mas de quadrilhas. Exemplo: Bonde do A, Bonde do B, Bonde do C. Cada um intitula o nome que quer. Aí você vai e prende uma grande liderança; no outro dia, o substituto dele intitula a facção com um novo nome: ‘Quadrilha do fulano’”, descreve, citando as brigas do tráfico no Subúrbio de Salvador, que chegam a ser encampadas por quatro “microfacções”. *Ler mais no Bahia Notícias.

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Processos relacionados a Lula, Geddel e Cunha na Justiça de Brasília mudam de juízes

Processos relacionados a Lula, Geddel e Cunha na Justiça de Brasília mudam de juízes

Foto: Reprodução/ Facebook

Processos sobre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-ministro Geddel Vieira Lima e os ex-presidentes da Câmara, Eduardo Cunha e Henrique Eduardo Alves, que tramitam na Justiça de Brasília vão mudar de juízes. De acordo com informações do G1, eles ficavam sob responsabilidade do juiz Vallisney de Oliveira, da 10ª Vara Federal, mas agora passaram para a 12ª Vara, criada recentemente e especializada em lavagem de dinheiro. Os juízes Marcus Vinicius Reis e Polyanna Kelly Alves vão passar a analisar os processos e precisarão ler todos os documentos dos casos para poderem dar continuidade à condução das ações.

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Joaquim Barbosa terá que indenizar repórter que mandou ‘chafundar no lixo’

Joaquim Barbosa terá que indenizar repórter que mandou ‘chafundar no lixo’

Foto: Nelson Jr. / STF

A Justiça do Distrito Federal negou recurso ao ex-ministro Joaquim Barbosa, do Supremo Tribunal Federal (STF), e manteve indenização de R$ 20 mil ao jornalista Felipe Recondo, por danos morais. De acordo com O Globo, o ex-ministro foi processado pelo repórter, em 2013, ao mandá-lo “chafundar no lixo”. Joaquim Barbosa ainda pode recorrer aos tribunais superiores. Os desembargadores concluíram que Barbosa se dirigiu de maneira ofensiva ao profissional, então repórter do jornal “O Estado de S. Paulo”. O caso aconteceu em março de 2013, após uma sessão do Conselho Nacional de Justiça presidida por Barbosa. O jornalista iniciou o diálogo perguntando: “Presidente, como o senhor está vendo…”. Antes de terminar a pergunta, veio a resposta de Barbosa: “Não estou vendo nada. Me deixa em paz, rapaz. Me deixa em paz. Vá chafurdar no lixo, como você faz sempre”. A defesa de Joaquim Barbosa entrou com um recurso alegando questões procedimentais no processo. O advogado do jornalista, Leonardo Furtado, disse que a decsiaõ da 4ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do DF, por unanimidade, ratifica o julgamento do tribunal realizado há dois anos, no qual o ex-minstro foi condenado. A Turma fixou que o réu deverá pagar também 10% do valor da indenização em honorários advocatícios, fora juros e outras taxas.

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Ipiaú: Polícia Militar apreende 50 papelotes de cocaína e prende suspeito

Foram apreendidos 50 papelotes de cocaína (Foto: Divulgação/Polícia Militar)

A Polícia Militar apreendeu 50 papelotes de cocaína no final da tarde dessa quinta-feira (22), durante a Operação Cidade Segura, realizada no bairro Constança. Segundo informou a PM, a droga estava com o jovem identificado como Lucian Santos de Lima.

O mototaxista que levava Lucian também foi conduzido à delegacia e liberado em seguida. A Operação Cidade Segura é realizada constantemente pela Polícia Militar e visa coibir os crimes e tráfico de drogas na cidade.

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Itagibá: Ex-prefeito Marquinhos emite nota sobre denúncia de irregularidade na contratação de Paula Fernandes

Ex-prefeito e ex-secretária de Administração tiveram bens bloqueados no valor de R$ 320 mil.

O ex-prefeito de Itagibá, Marcos Valério Barreto (Marquinhos), emitiu, nesta quinta-feira (22), uma nota de esclarecimento sobre as denuncias de irregularidades na contratação da artista Paula Fernandes e da Banda Forró do Sacode, para o São João do município no ano de 2015 . No início dessa semana, a justiça acatou a Ação Civil Pública proposta pelo Ministério Público Estadual, e bloqueou bens do ex-gestor e da ex-secretária de Administração no valor de R$ 320 mil. Na nota, Marquinhos diz que está tranquilo e confiante na Justiça: “Temos a certeza que não há ilícitos na contratação, tendo em vista, que tal procedimento tem sido usado por todos os municípios”, pontuou em um dos trechos da nota. Marquinhos ainda informa que até o momento, não foi notificado da decisão da justiça e desconhece o inteiro teor da denúncia. “Confiamos na justiça, e temos a certeza que tudo será devidamente esclarecido, e mais uma vez comprovado”.  
WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Itagibá: Justiça bloqueia bens do ex-prefeito Marquinhos por contratação de show de Paula Fernandes; entenda o caso

Bens e valores do ex-gestor e da ex-secretária de Administração no valor de R$ 320 mil foram bloqueados.

O ex-prefeito de Itagibá, Marcos Valério Barreto (Marquinhos PCdoB) e a ex-Secretária de Administração – Marilu Neiva Lira, tiveram seus bens e valores bloqueados por determinação da Justiça Estadual, na ordem de R$ 320 mil. A justiça acolheu a Ação Civil Pública n°. 8000411-36.2017.8.05.0117, proposta pelo Ministério Público Estadual, em detrimento da prática de ato de improbidade administrativa na contratação da cantora Paula Fernandes e da Banda Forró Sacode visando a realização de shows comemorativos ao São João do ano de 2015. De acordo com o processo, para justificar a contratação dos artistas por inexigibilidade de licitação, o ex-gestor alegou que a empresa detinha contrato de exclusividade com os artistas que se apresentariam, razão pela qual estariam preenchidos os requisitos do art. 25, III da Lei 8666/93 (inexigibilidade de licitação), possibilitando a contratação direta, conforme consta a solicitação emitida pela ex-secretária de Administração – Marilu Neiva Lira e ratificado pelo ex-prefeito Marcos Valério.

Cantora sertaneja foi a grande atração do São João de 2015.

De acordo o Ministério Público, verificou-se claramente que a cantora Paula Fernandes possui contrato de exclusividade com a empresa “Jeito do Mato”, responsável por gerenciar a sua carreira. Nem a referida cantora nem a banda Forró Sacode possuem contrato de exclusividade com a empresa contrata L de Jesus Santos & Cia Ltda. Todavia, em vez de contratar com o empresário exclusivo, ou seja, pela empresa “Jeito do Mato”, o ex-gestor firmou contrato com terceiros intermediários, tendo este, por sua vez, sido autorizado a promover o evento festivo com a participação da Banda Forró Sacode e da cantora Paula Fernandes, exclusivamente nos dias 22 e 23 de junho de 2015, respectivamente. Para dar aspecto de legalidade à contratação a empresa Guerra Eventos e Produção Ltda emitiu declaração unilateral afirmando que seria detentora exclusiva da Banda Forró Sacode e autorizou a empresa L de Jesus Santos & Cia Ltda (Bahia Empreendimentos) a realizar dois shows da Banda no dia 22 de junho de 2015.
A contratação de bandas e artistas por meio de supostas exclusividades por parte dos municípios tem sido alvo de abertura de vários inquéritos promovidos pelo Ministério Público Estadual. As investigações tiveram início através do Ministério Público Federal que instaurou o competente procedimento administrativo para apurar os fatos, e, após reconhecer a ausência de legitimidade para figurar no polo ativo de eventual demanda judicial, remeteu os autos ao Ministério Público Estadual que impetrou a referida Ação Civil Pública.
O contrato custou as cofres públicos a quantia de R$ 320 mil,  valor esse que deixou de ser aplicado no atendimento de necessidades básicas como saúde, educação, moradia e outros. Segundo o Ministério Público, não há como se negar a importância dos festejos juninos, toda via, a de se considerar que o valor contratado exorbita a capacidade financeira do município, não subsistindo qualquer justificativa para onerar o município de tal forma.
WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Acusado de corrupção, ex-ministro Mário Negromonte vira réu e é afastado do TCM

STJ aceita denúncia, ex-ministro Mário Negromonte vira réu e é afastado do TCM.

A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) aceitou nesta quarta-feira (21), por unanimidade, a denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o ex-ministro das Cidades Mário Negromonte (PP-BA). Com isso, ele se tornou réu por corrupção passiva. Além disso, Negromonte foi afastado do cargo de conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia. Procurado, o advogado de Negromonte, Carlos Fauze, disse que, como o acórdão da decisão ainda não foi publicado, ele não teve acesso à íntegra da decisão para se pronunciar. Fauze afirmou, também, que na avaliação dele Negromonte não pode ser afastado até a publicação. Em outubro do ano passado, a PGR denunciou Negromonte sob a argumentação de que ele acertou o pagamento de propina, no valor de R$ 25 milhões, para beneficiar empresas do setor de rastreamento de veículos. A denúncia foi apresentada pelo ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot e teve como base a delação premiada do doleiro Alberto Youssef. Por ser conselheiro de Tribunal de Contas da Bahia, Negromonte tem direito a foro privilegiado no STJ. O relator do caso é o ministro Luís Felipe Salomão.
WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Ipiaú: Suspeito de abusar sexualmente da filha é preso

Foto: (Giro Ipiaú)

Um homem suspeito de abusar sexualmente da filha, menor de idade, foi preso na tarde dessa quarta-feira (21), nas proximidades do Fórum Jorge Calmon, no centro de Ipiaú. Conforme informou a Polícia Civil, após investigações e apurações do caso, um mandado de Prisão Preventiva foi expedido pela Justiça local em desfavor de Irlan José dos Santos. O estupro teria ocorrido no ano de 2016. “Segundo informações colhidas junto à família, o acusado vem ameaçando a filha constantemente. Com isso, a Polícia Civil mostra que trabalha com o propósito de evitar que crimes aconteçam, bem como com o objetivo de responsabilizar os autores de delitos já praticados”, informou o delegado Rodrigo Fernando. Irlan deve ser transferido para a unidade penal na cidade de Jequié.

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Ipiaú: Polícia Civil prende suspeito de tentar matar homem a facadas

Acusado foi preso na manhã desta quarta (21). (Foto divulgação: Polícia Civil)

Após receber o mandado de prisão expedido pela Juíza da Vara Crime da Comarca de Ipiaú, na manhã desta quarta-feira (21), agentes da Polícia Civil prenderam Ednoel Evangelista de Jesus, conhecido por Gazo.

A prisão dele foi motivada por uma tentativa de homicídio ocorrida em outubro do ano de 2017, quando durante uma discussão “Gazo” feriu com golpes de faca  Marcos Antônio Farias durante uma briga, que segundo informações, foi motivada por ciúmes entre o autor e a vítima, por envolvimento com a mesma mulher.

(Foto reprodução Facebook)

Marcos Antonio (Foto reprodução Facebook)

Marcos Antonio na época foi socorrido por populares para atendimento hospitalar e recuperou-se dos ferimentos. Ednoel foi recolhido à carceragem do Complexo Policial de Ipiaú e em breve deverá ser transferido para o Conjunto Penal na cidade de Jequié. Vale ressaltar que o detido já esteve cumprindo pena naquela unidade.

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Municípios baianos receberão repasse extra de R$186 milhões

Repasse foi aprovado nesta terça pelo Congresso (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Um auxílio de R$ 186 milhões para os municípios baianos foi aprovado nesta terça-feira (20) pelo Congresso Nacional. A matéria aprovada em votação simbólica vai agora à sanção presidencial. A quantia foi reivindicada pelos prefeitos baianos em mobilizações desde novembro passado. O crédito – no valor total de R$ 2 bilhões para todo os municípios do país – vem da Medida Provisória 815/2017 que autoriza a União a transferir recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), em 2018, destinado à superação de dificuldades financeiras emergenciais. Segundo o também prefeito de Bom Jesus da Lapa, e presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Eures Ribeiro, a expectativa dos gestores é usar os recursos para driblar a crise nos municípios. “Sentimos o fato deste apoio não ter chegado antes. Desde 2017 – um ano que foi dificílimo para os municípios – tínhamos a promessa desse recurso para ajudar a fechar as contas de final de ano, mas só agora se concretizou. É tardio, mas ajudará as administrações municipais a regularizarem algumas demandas em atraso”, disse Ribeiro. O presidente da UPB disse que o Movimento Municipalista continua mobilizado por mais recursos para os 417 municípios baianos. A promessa de repasse feita pelo governo federal perdurou até o último dia útil do ano, quando o presidente Temer emitiu decreto para efetuar o repasse somente no ano seguinte, vinculando a aplicação em saúde e educação. A atitude decepcionou os prefeitos brasileiros e prejudicou as prefeituras no cumprimento dos índices previstos pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). *Bahia Notícias

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint