Camamu é ‘rebaixada’ no Mapa do Turismo e perderá recursos

Apesar de registrar aumento de 40% no fluxo de turistas, de 2017 para 2018, quando recebeu entre final de ano e Carnaval mais de 150 mil visitantes, a cidade de Camamu, Sul da Bahia, foi rebaixada de categoria pelo Ministério do Turismo em um ranking nacional que mede o desempenho econômico dos municípios brasileiros no setor. Fundado em 1562 às margens do Rio Acaraí, Camamu, com 36 mil habitantes, fica na Costa do Dendê e é porta de entrada para a Baía de Camamu, Taipu de Fora e Barra Grande (pertencentes a Maraú, cidade vizinha) e caiu da categoria C para a D, o que na prática significa direito a menos verba para eventos patrocinados pelo Ministério do Turismo. Já 17 cidades da Bahia registraram crescimento pelo setor, a exemplo de Lauro de Freitas, Mucugê, Santa Cruz Cabrália e Teixeira de Freitas.

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *