Ipiaú: Reunião discute estratégias para atender as causas da criança e do adolescente

Representantes de diversas entidades participaram da reunião (Fotos: Divulgação)

A Fundação Antônio Carlos Magalhães (antiga Casa do Menor) com o objetivo de promover o fortalecimento da Rede de proteção à criança e ao adolescente de Ipiaú e discutir estratégias de trabalho para melhor atender as demandas, envolvendo situações de vulnerabilidade social, realizou nesta segunda-feira, 26, uma reunião para traçar metas a serem desenvolvidas no decorrer do ano. O encontro aconteceu na sala de reuniões da Fundação, localizada na Avenida Getúlio Vargas, centro da cidade. Além da diretoria da Fundação, estiveram presente na reunião, o conselho tutelar, representantes do Poder Judiciário (Agentes de Proteção a Criança e ao Adolescente), CMDCA, Centro Batista Sete de Setembro, o Padre Marcio Luciano, representando a Igreja católica, o diretor do CIEI e o coordenador do projeto Gadtins, Cléber Gadita.

A articulação em Rede permite traçar ações e estratégias mais efetivas para a redução de agravos, fortalecendo a função de proteção de toda a Rede de Garantia de Direitos, resultando em maior agilidade nos encaminhamentos. Ao final da reunião, representando a diretoria da Fundação Antônio Carlos Magalhães, o tesoureiro Álvaro Jardim agradeceu todos os presentes e destacou: “Traçar e fomentar políticas públicas para as crianças e adolescentes do nosso município é o principal objetivo dessa mobilização, sobretudo neste momento, que a violência toma conta do nosso País”.

Leia também

WhatsAppLinkedInGoogle+Outlook.comGoogle GmailEmailPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *